Polícia abate pitbulls que atacaram pessoas e prende o tutor

Polícia abate pitbulls que atacaram pessoas e prende o tutor

A polícia britânica abateu este domingo dois cães da raça pitbull que atacaram algumas pessoas em Bolton, Grande Manchester, Inglaterra. Outros dois cães da mesma raça foram capturados pelos agentes policiais e um escapou. Os cinco pitbulls terrier, uma raça proibida no Reino Unido, feriram duas pessoas.

Os cães, que não tinham trela, pertenciam a Daniel Hennessy, de 38 anos. O homem foi detido por permitir que os cães tivessem um comportamento perigoso em público, segundo a polícia.

As vítimas são uma mulher de 60 anos que foi mordida na mão e um homem que foi mordido na perna, segundo o Daily Mail. Os feridos, que estavam à porta de uma loja, viram-se obrigados a usar cadeiras para se defenderem dos animais.

Um vídeo publicado nas redes sociais mostra várias pessoas que foram cercadas pelos cães a pedirem ao homem para controlar os animais. Hennessy negou-se a fazê-lo e aí começou uma acesa discussão.

Outro vídeo mostra o momento em que a polícia abate dois dos animais.

Nas redes sociais, Hennessy publica frequentemente várias fotografias com os cães.

Fonte: Diário de Notícias / mantida a grafia lusitana original


Nota do Olhar Animal: Foram várias as vítimas deste criminoso. As pessoas atacadas e os cães, estes vítimas também do despreparo de forças de segurança para conter  animais sem matá-los.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.