Polícia acaba com rinha de galo que acontecia no Nova Lima, em Campo Grande, MS

Polícia acaba com rinha de galo que acontecia no Nova Lima, em Campo Grande, MS
Gaiolas onde eram mantidos galos (Foto: Divulgação/PMA)

Denúncia anônima revelou local que servia para rinha de galo no bairro Nova Lima, em Campo Grande. Durante fiscalização da Polícia Militar Ambiental (PMA), 11 galos da raça índio foram encontrados. Todos eles tinhas várias lesões e as esporas estavam cortadas.

A operação para acabar com a rinha aconteceu na sexta-feira (24) e foi divulgada hoje pela PMA. Essa prática envolve crime de maus-tratos aos animais.

Os galos eram mantidos em gaiolas individuais feitas de madeira, que estavam no fundo de uma residência. Não foi divulgado o endereço.

Todos os animais foram entregues ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) para serem cuidados.

O dono da casa, um homem de 40 anos, foi preso e levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro. Os galos foram apreendidos.

A pena para o crime de maus-tratos pode variar de três meses a um ano de prisão. A PMA também o autuou administrativamente em R$ 6,5 mil.

Por Rodolfo César 

Fonte: Correio do Estado 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.