Polícia Ambiental atende ocorrência de maus-tratos contra égua em Guaçuí, ES

Polícia Ambiental atende ocorrência de maus-tratos contra égua em Guaçuí, ES

A ação ocorreu por meio de denúncia anônima. Na manhã desta terça-feira (20), uma equipe do 2°Pelotão da 4°Companhia da Polícia Militar Ambiental juntamente com a Vigilância Sanitária esteve no bairro Vale do Sol, município de Guaçuí, constatando uma égua deitada e amarrada à roda de um veículo com sangue espalhado pelo chão, diversas escoriações visíveis e sintomas de convulsão. 

Na noite de segunda-feira (19), os Bombeiros resgataram essa mesma Égua que havia caído em um córrego. O resgate foi difícil, porque, segundo a equipe, o animal de grande porte poderia sofrer lesões irrecuperáveis com as ações de ‘puxar’. “Por se tratar de uma vida, todo o cuidado, e somado às adversidades, torna o serviço muito detalhado, complexo e demorado. Com ajuda de mais material vindo da base, como cordas, conseguimos retirá-lo”.

Mas pelo jeito o tutor não se importou pela vida do animal, e não cuidou dele como deveria. O Médico Veterinário da Vigilância Sanitária da Prefeitura Municipal de Guaçuí esteve presente durante a ação da polícia Ambiental e constatou a situação de maus-tratos do animal. Lamentavelmente durante o atendimento Policial o animal veio a óbito no local. 

O tutor do animal foi identificado e conduzido a Delegacia de Policia Civil. As praticas se enquadram como crime ambiental previsto no § 2º, art. 32 da Lei Federal 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

Qualquer denúncia ambiental poderá ser realizada anonimamente através do site eletrônico disquedenuncia181.es.gov.br ou pelo telefone 181.

Fonte: Destaque Diário

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.