Polícia Ambiental flagra 26 pássaros silvestres vítimas de maus-tratos em Bauru, SP

Após uma denúncia anônima, a Polícia Ambiental flagrou 26 aves silvestres dentro de gaiolas em uma oficina, no Jardim das Acácias, na manhã desta quarta-feira (6), em Bauru. Dos 26 pássaros silvestres apreendidos, 16 deles não tinham anilha e foram soltos na natureza. Já os outros 10 que tinham anilha seriam levados ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Silvestres (Cempas), do câmpus da Unesp de Botucatu.

Segundo o boletim de ocorrência (BO), as aves não tinham autorização para viver em cativeiro e estavam sendo criadas em péssimas condições.

As gaiolas estavam sujas de fezes, a água não estava limpa e a alimentação também era inadequada. Dentro das gaiolas também havia resquícios de tinta, já que no local funciona uma oficina mecânica. O estado bravio atestado por uma médica veterinária da PM também reafirmou que as aves sofriam maus-tratos.

As aves foram apreendidas e encaminhadas à Polícia Civil, onde foi elaborado o boletim de ocorrência (BO) de crime ambiental por maus-tratos. Além de responder ao processo em liberdade, o dono da oficina também foi multado.

Fonte: JCNet

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.