Policia Ambiental resgata 20 aves silvestres em cativeiro e aplica multa de R$ 17,5 mil

Policia Ambiental resgata 20 aves silvestres em cativeiro e aplica multa de R$ 17,5 mil

SP Tupa resgate silvestres

No último sábado, dia 17 de outubro, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, resgataram 20 aves pertencentes à fauna silvestre nativa, sendo uma constante da lista de espécies ameaçadas de extinção, que estavam sendo mantidas ilegalmente em cativeiro no bairro CAIC, município de Tupã.

No atendimento de denúncia, registrada junto ao policiamento ambiental do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados na Base Operacional de Tupã/SP, que se deslocaram até o local apontado na delação, e constataram a existência de 14 Coleirinhos Papa capim, um Sabiá pardo, três Ticos-Ticos, um Tico-Tico Rei e um Bicudo (ave ameaçada de extinção), sendo mantidos ilegalmente em cativeiro sem autorização do órgão ambiental competente. A ave da espécie bicudo, estava com a pata direita mutilada, devido a várias tentativas de inserir anilha, caracterizando assim ato de maus tratos a animais.

Devido ao constatado, os policiais militares ambientais lavraram dois Autos de Infração Ambiental, um no valor de R$ 14.500,00, por ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre nativa, sem autorização do órgão ambiental competente e outro no valor de R$ 3.000,00, por praticar ato de mutilar animais silvestres nativos.

As aves por estarem em estado bravio, foram soltas em seu habitat natural , com exceção do Bicudo, o qual foi encaminhado a Associação Protetora dos Animais Silvestres de Assis.

O infrator poderá responder pelos crimes ambientais de ter animal silvestre em cativeiro, cuja pena é de detenção de seis meses a um ano e multa, e pelo crime de praticar ato de maus tratos a animais, cuja pena é de detenção, de três meses a um ano, e multa.

Fonte: Siga Mais

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.