Polícia Ambiental resgata cachorra infestada de parasitas; tutora leva multa de R$ 3 mil e ainda responderá por crime

Polícia Ambiental resgata cachorra infestada de parasitas; tutora leva multa de R$ 3 mil e ainda responderá por crime
Cachorra vítima de maus-tratos foi apreendida em Álvares Machado (SP) – Foto – Polícia Militar Ambiental.

Uma mulher, de 53 anos, recebeu nesta quinta-feira (29), uma multa no valor de R$ 3 mil por maus-tratos a uma cachorra, em Álvares Machado (SP).

Além disso, a tutora ainda irá responder em liberdade pelo crime de maus-tratos ao animal doméstico.

Após receber uma denúncia, uma equipe da Polícia Militar Ambiental foi até uma residência no bairro Novo Horizonte e no local, manteve contato com a moradora, que acompanhou a vistoria no quintal.

Os policiais, então, depararam-se com a cachorra infestada de parasitas e em local insalubre, cheio de fezes e com forte cheiro de urina.

Segundo a polícia, a tutora foi questionada sobre a situação e disse que não havia procurado auxílio de profissional habilitado, ou seja, um médico veterinário, para tratamento do animal.

A cachorra foi apreendida e encaminhada pelos policiais à entidade Rancho Bicho Feliz, em Martinópolis (SP), onde passou por cuidados de um médico veterinário. Assim que estiver recuperado e em condições, será encaminhada para adoção.

Fonte: g1 via KAKO News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.