Polícia Ambiental resgata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Santa Cruz do Rio Pardo, SP

Polícia Ambiental resgata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Santa Cruz do Rio Pardo, SP
Fotos: Polícia Militar Ambiental de Marília

Ambiental, destacados no 2º Pelotão de Assis, fiscalizaram um criador amador de pássaros pelo bairro Parque São José e constataram 11 pássaros das espécies Trinca Ferro, Canários da Terra, Bico de Pimenta e Coleirinho Papa Capim mantidos ilegalmente em cativeiro.

Diante dos fatos, foram elaborados dois Autos de Infração Ambiental, no total de R$ 5.500,00, por guardar e por ter em cativeiro espécimes da fauna silvestre sem autorização do órgão competente.

Os pássaros foram encaminhados a entidade protetora dos animais de Assis (APASS) onde receberão os devidos cuidados.

O infrator responderá pelo crime ambiental previsto no artigo 29 da Lei Federal 9605/95, tendo como penalidade detenção de seis meses a um ano, e multa.

A Polícia Militar Ambiental orienta que as denúncias sejam feitas através dos telefones 0800-0555-190, 181 (Disque Denúncia), EMERGÊNCIA 190, ou ainda diretamente às unidades da Polícia Militar Ambiental pelos telefones: (14) 3433.7199 – Marília; (14) 3496.5884 – Tupã; (18) 3323.5111 – Assis; (14) 3322.3077 – Ourinhos.

Por Ewerton Ricardo Messias

Fonte: Polícia Militar Ambiental de Marília

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.