Polícia apura maus-tratos após cavalo morrer afogado em represa de Nazaré Paulista, SP

Polícia apura maus-tratos após cavalo morrer afogado em represa de Nazaré Paulista, SP

A Polícia Civil apura crime de maus-tratos após um cavalo morrer afogado na represa de Nazaré Paulista (SP). O caso aconteceu no último sábado (27), mas ganhou repercussão após um vídeo com a cena viralizar na web (veja abaixo).

Polícia Civil apura crime de maus tratos após um cavalo morrer afogado na represa de Nazaré Paulista 🙏🚨

Polícia Civil apura crime de maus tratos após um cavalo morrer afogado na represa de Nazaré Paulista 🙏🚨Veja o vídeo abaixo onde mostra o homem entrando na represa montado no animal. Segundo testemunhas, o homem teria tentado socorrer o animal e um veterinário que estava na região chegou para fazer massagem cardíaca no cavalo, mas ele não resistiu e morreu.A repercussão do vídeo chamou a atenção da Polícia Civil que passou a apurar o caso. De acordo com a delegada da cidade, Liliane Doreto, o caso foi registrado como maus tratos.

Gepostet von Bragança aqui e agora am Mittwoch, 30. Oktober 2019

As imagens mostram um homem entrando na represa montado no animal. Ao chegar em um nível mais fundo, o cavalo não consegue voltar e se afoga. O homem consegue se soltar dele e sai da água. De acordo com a polícia, o animal chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Segundo testemunhas, o homem estava com um grupo de amigos em um restaurante às margens da represa e, no fim da tarde, entrou com o animal na água. O momento era filmado por outros banhistas.

Após entrar na represa, ao chegar a um nível mais fundo, o animal começa a se debater. O homem, que ainda estava em cima dele, cai na água e tenta voltar a superfície. De acordo com dono de um bar que ajudou no socorro, o homem e o animal foram resgatados por turistas que estavam no local.

Após sair da água, segundo testemunhas, o homem ainda teria tentado socorrer o animal e um veterinário que estava na região chegou a fazer massagem cardíaca no animal, mas ele não resistiu e morreu.

O vídeo publicado no Facebook tem mais de 18 mil compartilhamentos e comoveu moradores. A repercussão chamou a atenção da Polícia Civil que passou a apurar o caso. De acordo com a delegada da cidade, Liliane Doreto, o caso foi registrado como maus tratos e eles apuravam a identidade do homem.

“Ele entrou na água com o animal, que morreu. Ele assumiu o risco de matar o cavalo quando fez isso, ainda que não intencional, e vai responder por isso. Estamos ouvindo testemunhas e já temos um suspeito para o caso”, explicou.

De acordo com Liliane, a suspeita é de que o homem que aparece nas imagens tenha relação com um haras da cidade de Bom Jesus dos Perdões.

Polícia vai apurar maus tratos após imagem viralizar. — Foto: Reprodução/Facebook

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.