Polícia Civil apura crime de maus-tratos contra cães em sítio de Nova Veneza, SC

Polícia Civil apura crime de maus-tratos contra cães em sítio de Nova Veneza, SC
Foto: Divulgação/ Polícia Militar

No dia de hoje, agentes da 2ª. Delegacia de Polícia de Polícia de Criciúma e Delegacia de Nova Veneza, com o apoio da Polícia Militar, Instituto Geral de Perícias, Fundave de Nova Veneza e da ONG Rede do Bem de Cocal do Sul, efetuou diligências junto a uma área rural, localizada em Nova Veneza, local onde havia vários cães presos mal nutridos e abandonados, lá deixados pelo proprietário do sítio.

Perícia foi feita pelo IGP no local dos fatos, para verificar os maus-tratos. No total havia 13 (treze) cães no sítio. Segundo informações do Delegado Ari José Soto Riva, responsável pelas investigações, um inquérito policial foi instaurado para apurar o ocorrido, sendo que o  proprietário, já identificado pela polícia, deverá responder pelo crime de maus-tratos contra animais, com previsão de pena de  2 a 6 anos, multa e proibição da guarda.

Com o auxilio das entidades de proteção alguns animais serão medicados e recolhidos a locais adequados.

Fonte: TN Sul

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.