Polícia Civil identifica suspeito de maltratar uma égua em Cruzeiro do Oeste, PR

Polícia Civil identifica suspeito de maltratar uma égua em Cruzeiro do Oeste, PR
O animal foi encaminhado para o Hospital Veterinário da UNIPAR, em Umuarama, onde passou por cirurgias e se recupera. (Foto: Divulgação/UNIPAR)

Por meio de denúncias anônimas encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste e para o número 181 (Disque Denúncia), foi identificado o suspeito de golpear várias vezes uma égua com objeto cortante, na manhã da última quarta-feira (05).

“Após as denúncias feitas à Polícia Civil se instaurou uma Verificação de Procedência da Informação (VPI), em que a equipe de investigação por meio de diligências sigilosas conseguiu qualificar o suposto autor e constatar a veracidade das denúncias anônimas”, disse o delegado Leonardo Queirós.

Ainda segundo o delegado, trata-se de um homem de 39 anos com passagens pela polícia por furto, roubo e danos. Ele ainda não foi localizado, mas responderá criminalmente pelo grave crime praticado.

“A Polícia Civil agradece o apoio e confiança da comunidade e reafirma que todas as denúncias trazias pelo telefone da Delegacia da Polícia Civil e pelo número 181 permanecem anônimas”, destacou o delegado.

O caso

A agressão ocorreu por volta das 08h30, no bairro Jardim Cruzeiro. No local, a égua foi encontrada caída, apresentando múltiplas dilacerações no corpo, possivelmente causadas por um objeto cortante. A proprietária do animal relatou que o equino estava amarrado, porém, desconhecia as circunstâncias do incidente ou os responsáveis.

Uma médica veterinária da Vigilância Sanitária e uma representante da Associação de Amparo aos Animais Arca de Noé foram acionadas para prestar assistência ao animal, que foi encaminhado para o Hospital Veterinário da Unipar, em Umuarama, onde passou por cirurgia e se recupera. Ela teve o rabo amputado.

Fonte: Portal da Cidade