Polícia Civil investiga denúncia de supostos maus-tratos contra 12 cães e um pássaro em Piracicaba, SP

Polícia Civil investiga denúncia de supostos maus-tratos contra 12 cães e um pássaro em Piracicaba, SP
Cão resgatado por guardas civis em Piracicaba. — Foto: Thaty Freitas

A Polícia Civil investiga uma denúncia de supostos maus-tratos contra 12 cachorros e um pássaro, em Piracicaba (SP).

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso foi atendido às 9h30 da manhã de quarta-feira (23), na Rua Carlos Alberto Chiodi, no bairro Água Branca, em Piracicaba.

Guardas civis foram acionados para fazer o acompanhamento de uma advogada da Comissão de Direitos dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), após denúncia de que existiria um canil clandestino no local.

A proprietária da casa, uma mulher de 38 anos, permitiu a entrada dos agentes e no quintal foram encontrados os treze animais feridos, sujos e sem água limpa para beber, conforme o registro na Polícia Civil.

Potes de comidas encontrados na residência averiguada — Foto: Thaty Freitas

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, foram apresentadas à polícia anúncios de venda dos filhotes. A tutora dos animais entregou eles mediante assinatura de um termo de compromisso.

Foi solicitado exame pericial ao Instituto Criminalística (IC) e o caso será investigado pelo 2º Distrito Policial de Piracicaba.

Pote de água possuía limo, de acordo com protetora de animais. — Foto: Thaty Freitas

‘Situações deploráveis’

“Foram encontrados animais em situações deploráveis, com dermatites, carrapatos nos potes de comida, ambientes pequenos pra ele, mesmo com um pedaço de telha em cima, se chovesse, sol, sereno, pegava nos animais. Os filhotes estavam em caixas de mercado, com frio, tremendo, alguns até no chão, e potes de água com limo, alguns até com larva”, relata Thaty Freitas, protetora independente que acionou a OAB.

Segundo ela, entre os animais, uma cadela estava grávida e havia cinco filhotes.

“Temos uma que está com dois tumores, e é essa que está com o filhote. Então, posterior, ela vai ter que fazer até uma cirurgia para reconstruir a saída do xixi. Todos eles já passaram por exames de sangue, ainda não saiu, mas já estão em tratamento, e vão ficar em uma ONG que a gente tá preservando o nome”, acrescentou Thaty.

Filhotes resgatados em situação de maus-tratos em Piracicaba. — Foto: Thaty Freitas

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.