Polícia Civil investiga suposto estupro de cachorro em Santa Cruz do Sul, RS

Polícia Civil investiga suposto estupro de cachorro em Santa Cruz do Sul, RS
Os policiais foram até uma casa e encontraram o animal ferido - Foto: Divulgação

Um suposto abuso sexual de um cachorro está sendo investigado pela Polícia Civil de Santa Cruz do Sul. Conforme delegada Raquel Schneider, na manhã desta quinta-feira, 18, a ONG Protetores avisou a polícia sobre o caso, que estaria acontecendo no Bairro Faxinal Menino Deus.

Os policiais foram até a casa e encontraram o animal – de idade avançada – com ferimentos na região anal. Ele foi recolhido pela ONG e encaminhado para atendimento. Conforme a delegada, a veterinária não conseguiu afirmar se o animal realmente sofreu abusos, porque o cão já tinha um tumor em estado avançado de inflamação. “Pode ser que não era realmente abuso, ainda não temos condições de afirmar isso. Pode ser que o animal tenha se ferido, estivesse naquela situação por conta de um outro ferimento”, explicou a delegada em entrevista para a Rádio Gazeta.

O tutor do cachorro estava no local, e segundo Raquel, apresentava sinais de deficiência mental. “Talvez ele não tenha entendimento daquilo que estava acontecendo”, comenta. Um termo circunstanciado por maus-tratos vai ser instaurado, pois mesmo que o animal não tenha sido abusado, deveria ter recebido tratamento. Agora, o caso será encaminhado ao Poder Judiciário, que irá verificar se o morador tinha condições de responder pela situação.

A penalidade irá depender do Judiciário. O animal está sob proteção da ONG, que poderá também pedir encaminhamento, junto ao Município, para que o tutor custeie o tratamento do animal e pague uma multa, em conformidade com a legislação municipal.

Fonte: GAZ