Polícia Civil prende acusado de maus-tratos contra cadela em Coronel Vivida, PR

Polícia Civil prende acusado de maus-tratos contra cadela em Coronel Vivida, PR
A cadela foi levada para uma clínica veterinária e está sendo bem tratada - Foto: Divulgação

Após uma denúncia anônima, a Polícia Civil de Coronel Vivida prendeu, na tarde de quinta-feira (9), um homem, de 41 anos, por maus-tratos a uma cadela da raça pastor alemão. A pena para esse tipo de crime é de 2 a 5 anos de reclusão.

O delegado de Coronel Vivida, Rômulo Contin Ventrella, relatou que recebeu uma denúncia de que o animal estaria abandonado e muito debilitado na área rural do município. Policiais civis foram até a comunidade de Jacutinga, onde encontraram a cadela da raça pastor alemão em estado crítico: muito magra, com bicheiras e sem força para se manter em pé.

Rômulo acrescentou que, após conversarem com alguns moradores da comunidade, os policiais identificaram o proprietário do animal e foram ao seu encalço. Ele foi localizado no seu local de trabalho e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por maus-tratos a animal. A pena para esse tipo de crime é de 2 a 5 anos de reclusão. O delegado Rômulo informou que a cadela foi levada para uma clínica veterinária e está sendo bem tratada. Segundo o delegado, qualquer denúncia de maus-tratos a animal pode ser feita pelo disque denúncia 181 ou pelo WhatsApp da Delegacia de Coronel Vivida (46) 99907 0464.

Por Adenir Brocco

Fonte: Diário do Sudoeste

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.