Polícia Civil prende homem por maus-tratos a animais em Encruzilhada do Sul, RS

Polícia Civil prende homem por maus-tratos a animais em Encruzilhada do Sul, RS

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nessa quinta-feira (3), um homem por maus-tratos a animais em Encruzilhada do Sul.

Após denúncias, uma equipe policial se deslocou até a residência do suspeito, juntamente com o Grupo Voluntário de Proteção aos Animais (GVPA) da cidade, para apurar o caso. Ao chegar na casa, encontraram dois cachorros amarrados em correntes, sem água e alimentação, além de não ter um local protegido para abrigo. Segundo a polícia, um dos animais, inclusive, estava com pulgas e carrapatos, bem como gravemente lesionado pelas amarrações que foram feitas pelas correntes.

Além disso, foi identificado que o cachorro possui um tumor venéreo, o qual, pela falta de tratamento veterinário, já estava em grau avançado. O GVPA explicou que esta não foi a primeira denúncia de maus-tratos a animais registrada contra o homem. Alguns meses atrás, os voluntários haviam visitado a casa passando orientações sobre quais cuidados ele deveria começar a adotar em relação aos bichos. Na ocasião, o grupo chegou a oferecer doações de ração, caso o homem estivesse enfrentando alguma dificuldade financeira. Entretanto, a instituição voltou a receber novas denúncias.

O homem foi levado até a Delegada de Polícia para registro da ocorrência e, na sequência, removido para o Presídio Estadual de Encruzilhada do Sul. Os animais foram encaminhados ao Canil Municipal e devem receber o atendimento veterinário necessário. Após a recuperação, serão colocados para doação.

Conforme o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, os maus-tratos a gatos e cachorros configuram crime inafiançável, com pena de dois a cinco anos de reclusão, além do pagamento de multa e proibição de guarda do animal.

Por Matheus Garcia

Fonte: Blog do Juares

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.