Polícia do Meio Ambiente fecha rinha de galo na zona rural de Cataguases, MG

Polícia do Meio Ambiente fecha rinha de galo na zona rural de Cataguases, MG

A Polícia do Meio Ambiente em Cataguases fechou no começo da noite desta sexta-feira, 9 de setembro, uma rinha de galo, que funcionava em um síto na zona rural de Cataguases. Denúncia anônima levou os policiais até o local. Trinta e seis pessoas que estavam no sítio foram autuadas e liberadas em seguida sendo que um foi preso por maus-tratos a animais após se apresentar espontaneamente como responsável e proprietário de todo o material encontrado no galpão.

Segundo o boletim de ocorrência no barracão onde funcionava a rinha de galo foram encontrados 65 galos, sendo que três estavam feridos e outros três preparados para briga, duas arenas (ou rinhas, como são popularmente chamadas os locais onde os animais são colocados para brigar), vinte armários, três gaiolas, três relógios, uma balança e vasto material como esporas e biqueiras utilizadas pelos animais em luta.

O responsável pela rinha foi conduzido até o Pronto-Socorro do Hospital de Cataguases onde fez exames médicos e prestou depoimento ao delegado de plantão em Leopoldina. A perícia técnica da Polícia Civil compareceu ao sítio e após fazer seu trabalho de praxe liberou o local. A operação foi coordenada pelo Tenente Carlos, comandante do 5º Pelotão de Meio Ambiente e a participação de outros oito policiais.

MG Cataguases policia fecha rinha2

Fonte: Marcelo Lopes

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.