Polícia fecha rinha de galo em Campo Grande e guarda municipal é preso

Polícia fecha rinha de galo em Campo Grande e guarda municipal é preso

Em vistoria no local foram encontrados 79 animais, dois estavam com graves ferimentos, além tapumes onde as rinhas aconteciam e várias gaiolas em situação precárias onde as aves eram aprisionadas.

Por Kamila Alcântara

MS campogrande rinha323crop

Um local usado para rinha de galo, no Bairro Nova Lima em Campo Grande, foi fechado pelo Grupo Tático do 9º Batalhão Polícia Militar no último domingo (30). Durante a ação, guarda municipal de 40 anos, identificado como Sidnei Teodoro Rosa, foi preso e uma motocicleta furtada apreendida.

Segundo informações policiais, denuncias anônimas indicavam que no local funcionava um ponto de apostas, no quintal da casa, onde galos se degladiavam até a morte. Quando os militares chegaram à residência encontraram dois homens em motocicleta transportando aves machucadas.

Em vistoria no local foram encontrados 79 animais, dois estavam com graves ferimentos, além tapumes onde as rinhas aconteciam e várias gaiolas em situação precárias onde as aves eram aprisionadas.

Veja o vídeo:

Sidnei foi autuado por maus tratos a animais e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O jovem Rogério Vicente de Almeida, de 20 anos, também foi preso com uma motocicleta onda Biz adulterada. Questionado, o rapaz informou que havia comprado a moto há alguns dias, no valor de R$ 500.

Fonte: Top Midia News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.