Cadelinha é uma fêmea e ganhou o nome Amora. — Foto: Divulgação/ Abrigo AuFamily

Polícia identifica homem que arrastou cadela amarrada em moto, em Ananindeua, PA

A Polícia Civil identificou o homem suspeito de arrastar uma cadela amarrada em uma moto no bairro do Icuí, em Ananindeua. Os maus tratos foram registrados em um vídeo que viralizou nas redes sociais na última terça-feira (5). O suspeito, Dielson Silva, é conduzido para a Delegacia do Meio Ambiente (Dema) na manhã desta quinta-feira (7), onde vai prestar depoimento para o delegado Waldir Freire.

O animal foi resgatado e recebeu o nome de Amora. De acordo com o AuFamily, ONG protetora dos animais, a cadela tem aproximadamente 4 meses de idade, ela perdeu todas as unhas, sofreu escoriações e foi levada a um hospital veterinário pelos voluntários.

A história comoveu a vendedora Roberta Maia. Apaixonada por animais e tutora de dois animais, ela conta que contatou a ONG assim que soube do caso e pediu a adoção de Amora. A cadela vai ter um lar assim que receber alta médica dos veterinários.

Vídeo

No vídeo, o cachorro aparece com uma corda amarrada no pescoço, sendo arrastado por um menino que está na garupa da moto, pilotada por um homem. Primeiro o animal tenta correr, mas não aguenta e cai no chão, onde é arrastado por alguns metros até a corda arrebentar. Os agressores ainda olham para trás, mas seguem e abandonam o cão ferido.

VÍDEO mostra cachorro sendo arrastado por moto

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.