SP Bauru jovem cacando H

Polícia Militar Ambiental apreende pássaros em cativeiro e na soltura flagra jovem caçando, em Bauru, SP

SP Bauru jovem cacando

Na manhã desta terça-feira (26), uma equipe da Polícia Militar Ambiental autuou dois homens por manter pássaros silvestres em cativeiro sem autorização e outro por caçar na cidade de Bauru.

As três ocorrências, apesar de serem flagradas nos extremos do município, demonstraram as mesmas características, pelo desrespeito aos animais e às leis ambientais.

O primeiro flagrante foi no Núcleo Geisel. Policiais ambientais visualizaram um homem de 34 anos com um curió, pássaro silvestre que está ameaçado de extinção, andando pelas ruas do bairro. Ao perceber a presença da viatura, ele tentou entrar rapidamente em sua casa, mas sem sucesso.

Foram localizadas dois pássaros coleirinhas no interior da casa do infrator, que recebeu auto de infração ambiental no valor de R$ 6 mil.

O segundo flagrante foi no Parque Primavera. Um jovem de 21 anos estava em frente à sua casa com um pássaro silvestre. Ao ser indagado, informou que não tinha autorização ambiental e que possuía mais pássaros no interior de sua residência.

Durante fiscalização no local, os policiais localizaram um periquitão maracanã, um trinca-ferro, dois canários-da-terra e três coleirinhos papa-capim. O infrator recebeu auto de infração ambiental no valor de R$ 3.500,00.

O terceiro flagrante foi de caça. Uma das equipes deslocou-se até uma reserva ambiental da cidade para realizar a soltura dos pássaros que estavam em cativeiro e, para surpresa dos policiais, eles flagraram um jovem de 20 com um alçapão (armadilha de caça) e uma gaiola com uma coleirinha que estava sendo utilizado para “chama”, método utilizado para atrair outros pássaros. O jovem recebeu auto de infração ambiental no valor de R$ 500,00 pelo ato.

Todos os infratores responderão por crime ambiental. Os pássaros apreendidos foram soltos em seu habitat natural após exames veterinários, que constataram a condição de soltura.

A Polícia Militar Ambiental lembra que a caça e a posse ilegal de animais silvestres em cativeiro é proibida pelo Art. 29 da lei 9605/98 em todo território nacional, com uma pena de 6 meses a 1 ano de detenção, além de multa administrativa que varia de R$ 500,00 a R$  mil por animal silvestre em situação de cativeiro sem autorização ambiental.

Fonte: JCNET

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.