Polícia procura idoso que praticou zoofilia contra cadela no interior de MG

Polícia procura idoso que praticou zoofilia contra cadela no interior de MG
Crime foi flagrado pelo denunciante. Foto: Redes Sociais/Divulgação

A Polícia de Patrocínio, no Alto Paranaíba, procura um idoso flagrado por um homem, praticando zoofilia contra uma cadela, em terreno baldio da cidade. Imagens do crime circulam na internet.

O homem disse para o registro da Polícia Militar (PM) que ficou indignado e, por isso, pegou um pedaço de madeira e acertou alguns golpes no suspeito para que ele parasse com o ato.

Após as pauladas, o homem contou que saiu do local do crime, levando a cachorra. Ao voltar, pouco tempo depois, o suspeito havia fugido.

Ainda segundo relato dele aos policiais, ele não tinha intenção de machucar o suposto zoófilo, mas de defender a si e ao animal.

A imagem flagrada mostra o suspeito com as calças abaixadas e atrás do animal.

O crime aconteceu no início desta semana no Bairro Distrito Industrial.

Suspeito teria ameaçado o denunciante

Também consta no registro policial que ao ser flagrado praticando o crime, o idoso teria feito a seguinte ameaça: “Vou ali pegar meu revólver”.

A pena por praticar ato libidinoso ou ter relação sexual com animal de qualquer espécie não humana é de reclusão de 2 a 6 anos, multa e proibição da guarda do animal. A lei ainda prevê o aumento da pena até o dobro quando a prática provocar a morte do animal.

Por Renato Manfrim

Fonte: Estado de Minas

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.