Polícia reconhece que menino levado por jacaré na Disney está morto

Polícia reconhece que menino levado por jacaré na Disney está morto

Autoridades na Flórida não têm mais esperança de encontrar criança viva

A polícia não tem mais dúvidas de que a criança de 2 anos arrastada por um jacaré num complexo hoteleiro da Walt Disney está morta. Cerca de 17 horas depois de o menino ser levado por um animal de cerca de 2 metros para dentro de uma lagoa, as autoridades não têm mais esperança de encontrá-lo com vida.

– Sabemos agora que estamos trabalhando para recuperar o corpo da criança – disse Jeff Williamson, representante policial do condado de Orange, onde dica a cidade de Orlando. – Em nome de todos envolvidos nesse esforço, nosso objetivo é tentar trazer algum ponto final para a família.

A criança foi carregada por um jacaré na noite desta terça-feira. O garoto brincava na beira da Seven Seas Lagoon, uma lagoa criada artificialmente no luxuoso Grand Floridian Resort e Spa, na companhia dos pais e da irmã de 4 anos, todos turistas americanos. Por volta de 21h15 (hora local), o menino estava em pé na lagoa, com água na altura dos tornozelos, quando foi atacado. O pai lutou para recuperar o filho, mas não conseguiu. A família, que estava de férias na Disney, não teve seu nome divulgado.

As equipes trabalhando para localizar o menino já mataram quatro animais na tentativa de encontrar o réptil que atacou o garoto. O diretor da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida, Nick Wiley, que participa das buscas, disse ao jornal “The New York Times” que foi necessário sacrificar os animais para tentar encontrar vestígios do menino:

“Já pegamos quatro jacarés e analisamos, mas não encontramos evidências de que estariam envolvidos no caso. Foi necessário sacrificá-los para fazer a análise”, disse ele ao jornal americano.

As buscas continuam com dezenas de agentes da equipe de resgate, membros da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem e funcionários da Disney. De acordo com as autoridades, os barcos estão equipados com sonar e levam também um caçador de jacarés. Caso seja encontrada alguma evidência que aponte para a criança, há uma equipe de dez mergulhadores já posicionados para fazer o resgate.

O porta-voz do gabinete do xerife do condado de Orange, Jeff Williamson, afirmou que ainda não houve nenhuma avaliação sobre até quando as buscas irão continuar.

Situado ao Sul do famoso Magic Kingdom, o Grand Floridian Resort e Spa é um dos mais conhecidos resorts onde turistas se hospedam para visitar os parques temáticos da Walt Disney. A família da criança levada pelo jacaré mora no estado americano do Nebraska, na região central dos EUA. Severamente abalados, eles estão recebendo apoio psicológico de profissionais disponibilizados pelas autoridades.

EUA Orlando policia reconhece morte menino atacado2

Placas perto da lagoa avisam para não nadar nas águas, mas nenhuma alerta sobre a presença de jacarés.

O animal que atacou a criança deve ter algo em torno de 2 metros, segundo relatos. A Flórida tem uma população de jacarés estimada entre 1,3 milhão e 2 milhões de exemplares. Mas ataques a seres humanos são extremamente raros. Desde 1948, 383 pessoas foram mordidas por esses répteis no estado, de acordo com informações da imprensa americana. Mas apenas 23 desses episódios resultaram em morte.

EUA Orlando policia reconhece morte menino atacado3

Fonte: O Globo 

Nota do Olhar Animal: Jacarés foram mortos por vingança, eles que foram forçados a uma proximidade indesejada com humanos. Lamentáveis a morte da criança (o corpo já foi encontrado) e a matança dos jacarés. 

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Autoridades na Flórida não têm mais esperança de encontrar criança viva

POR 

Equipe procura pelo menino desaparecido – Red Huber / AP

ORLANDO, Estados Unidos – A polícia não tem mais dúvidas de que a criança de 2 anos arrastada por um jacaré num complexo hoteleiro da Walt Disney está morta. Cerca de 17 horas depois de o menino ser levado por um animal de cerca de 2 metros para dentro de uma lagoa, as autoridades não têm mais esperança de encontrá-lo com vida.

 

– Sabemos agora que estamos trabalhando para recuperar o corpo da criança – disse Jeff Williamson, representante policial do condado de Orange, onde dica a cidade de Orlando. – Em nome de todos envolvidos nesse esforço, nosso objetivo é tentar trazer algum ponto final para a família.

A criança foi carregada por um jacaré na noite desta terça-feira. O garoto brincava na beira da Seven Seas Lagoon, uma lagoa criada artificialmente no luxuoso Grand Floridian Resort e Spa, na companhia dos pais e da irmã de 4 anos, todos turistas americanos. Por volta de 21h15 (hora local), o menino estava em pé na lagoa, com água na altura dos tornozelos, quando foi atacado. O pai lutou para recuperar o filho, mas não conseguiu. A família, que estava de férias na Disney, não teve seu nome divulgado.

As equipes trabalhando para localizar o menino já mataram quatro animais na tentativa de encontrar o réptil que atacou o garoto. O diretor da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida, Nick Wiley, que participa das buscas, disse ao jornal “The New York Times” que foi necessário sacrificar os animais para tentar encontrar vestígios do menino:

“Já pegamos quatro jacarés e analisamos, mas não encontramos evidências de que estariam envolvidos no caso. Foi necessário sacrificá-los para fazer a análise”, disse ele ao jornal americano.

 
 
 

 

As buscas continuam com dezenas de agentes da equipe de resgate, membros da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem e funcionários da Disney. De acordo com as autoridades, os barcos estão equipados com sonar e levam também um caçador de jacarés. Caso seja encontrada alguma evidência que aponte para a criança, há uma equipe de dez mergulhadores já posicionados para fazer o resgate.

O porta-voz do gabinete do xerife do condado de Orange, Jeff Williamson, afirmou que ainda não houve nenhuma avaliação sobre até quando as buscas irão continuar.

Situado ao Sul do famoso Magic Kingdom, o Grand Floridian Resort e Spa é um dos mais conhecidos resorts onde turistas se hospedam para visitar os parques temáticos da Walt Disney. A família da criança levada pelo jacaré mora no estado americano do Nebraska, na região central dos EUA. Severamente abalados, eles estão recebendo apoio psicológico de profissionais disponibilizados pelas autoridades.

Mapa do Google mostra a Lagoa dos Sete Mares, com o Grand Floridian Resort apontado na imagem – Reprodução da web

Placas perto da lagoa avisam para não nadar nas águas, mas nenhuma alerta sobre a presença de jacarés.

O animal que atacou a criança deve ter algo em torno de 2 metros, segundo relatos. A Flórida tem uma população de jacarés estimada entre 1,3 milhão e 2 milhões de exemplares. Mas ataques a seres humanos são extremamente raros. Desde 1948, 383 pessoas foram mordidas por esses répteis no estado, de acordo com informações da imprensa americana. Mas apenas 23 desses episódios resultaram em morte.

Barco equipado com sonar participa de busca – Red Huber / AP

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.