Polícia resgata 16 cães que viviam em meio a fezes e sem comida junto a casal de idosos no litoral de SP; tutor foi preso

Polícia resgata 16 cães que viviam em meio a fezes e sem comida junto a casal de idosos no litoral de SP; tutor foi preso
Local estava sujo de fezes e urina, conforme informou a Polícia Civil — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 36 anos foi preso por maus-tratos contra animais na tarde de segunda-feira (30), após a Polícia Civil localizar 16 cães vivendo em meio a fezes e lixo em uma residência em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo G1, os animais estavam machucados, sem água e comida. Um casal de idosos também vivia no imóvel. O suspeito também foi indiciado por furto de energia.

O flagrante ocorreu em uma casa localizada na Avenida Sorocabana, no bairro Arpoador. As autoridades receberam uma denúncia de maus-tratos e solicitaram um mandado de busca e apreensão, que foi deferido pelo juiz da 1ª Vara do Fórum da Comarca de Peruíbe. Na tarde de segunda-feira, os policiais seguiram para o local, e já do lado de fora as equipes sentiram um forte odor de fezes e urina.

No imóvel, eles foram recebidos pelo homem, que afirmou morar na casa com os pais idosos. Em um primeiro momento, ele demonstrou nervosismo e irritação, o que chamou a atenção dos policiais. O suspeito também apresentava um forte cheio de urina e fezes, além de ter pelos de cachorro pelo corpo todo.

Animais estavam machucados e sem comida — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Animais estavam machucados e sem comida — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Além das equipes de investigação, veterinários da Zoonoses e agentes da Guarda Civil Municipal entraram no imóvel e flagraram alguns cães em guias e dentro de caixas de transporte ainda no quintal. Alguns deles apresentavam ferimentos, provavelmente provocados por brigas entre eles, já que permaneciam juntos em um ambiente confinado.

Após a apreensão de dez animais, o suspeito se recusou a trazer o restante dos bichos. Diante disso, as equipes passaram a vasculhar o restante da casa, encontrando cômodos tomados por urina e fezes, onde foram localizados mais cachorros. Em um dos quartos, foi encontrado um saco grande com fezes, ao lado de embalagens de ração.

Ainda conforme a polícia, os idosos citados pelo suspeito estavam na residência e apresentavam “fala desconexa”, mas teriam tratado a situação dos cães como algo normal. Eles também estavam sujos de fezes e urina dos bichos. O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) foi acionado também, e acompanha a situação do casal.

Ainda durante a ocorrência, a polícia percebeu que, embora a energia da casa estivesse funcionando, o relógio estava parado. Então, a perícia verificou que se tratava de furto de energia. O suspeito foi encaminhado para a Delegacia Sede de Peruíbe, onde foi preso por maus-tratos contra animais e furto de energia.

Animais estavam em casa cheia de fezes e urina — Foto: Divulgação/Polícia Civil
Animais estavam em casa cheia de fezes e urina — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Fonte: G1

Protetor não é acumulador: cuidado com essa construção especista!

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.