Polícia vai usar cavalaria e cães no policiamento neste Verão em Salvador, BA

Polícia vai usar cavalaria e cães no policiamento neste Verão em Salvador, BA
Cavalaria da Polícia Militar vai ser usada para reforçar a Operação Verão (Foto: Evandro Veiga/CORREIO)

O aumento na temperatura, por conta da aproximação da alta estação, tem deixado as praias lotadas nas últimas semanas. Por conta disso, esses locais terão o policiamento intensificado durante a Operação Verão, com policiais circulando a pé, em viaturas, motocicletas, cavalaria e, em alguns bairros, o uso até mesmo de cães. A ação foi divulgada na manhã desta quarta-feira (14), no Jardim dos Namorados.

Segundo o comandante da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, a orla e os pontos turísticos de Salvador terão o policiamento intensificado desde hoje até o final do Carnaval. As bases móveis são um dos diferenciais em relação ao esquema especial do ano passado.

“Temos 20 unidades e hoje adquirimos mais 19 bases, nove delas para a capital e as outras dez para o interior do estado. No caso de Salvador, a operação vai focar na orla, desde Tubarão até Itapuã, e nos pontos turísticos. São cerca de 10 mil homens atuando na capital”, afirmou.

Além disso, o policiamento terá reforço de batalhões especializados, como Grupamento Aéreo da PM (Graer) e o Grupamento Águia, além da segurança a pé, em viaturas, motocicletas e da cavalaria. Nos bairros do Pelourinho e no Porto da Barra a polícia também pretende usar cães no combate ao tráfico de drogas.

A operação começará a partir das 6h, momento em que as praias estão movimentadas com pessoas que fazem cooper, e segue até às 18h de cada dia. Em locais em que há movimento intendo à noite, como bairros boêmios e turísticos, o horário será estendido, com policiamento também motorizado.

Bombeiros

O Corpo de Bombeiros também vai intensificar o policiamento nas praias e nas principais estradas da Bahia. Em Salvador, praias como Itapuã e Barra, onde são comuns casos de afogamento, terão o número de salvaguardas ampliado. Cerca de 2,5 mil bombeiros vão atuar em todo o estado.

Segundo o comandante-geral dos Bombeiros, coronel Francisco Luiz Telles, os bombeiros também vão trabalhar em regime de hora extra e, além das praias, haverá um foco nos locais em que acontecem incêndios, como a Chapada Diamantina.

“Nós teremos reforço nesse período de verão, não somente nas praias da capital, mas em todo o estado. Estamos incrementando o número de bombeiros militares em todas as situações. O fluxo maior de pessoas nesse período tem mostrado a necessidade de colocarmos mais bombeiros militares fazendo serviços de guarda-vidas”, afirmou.

Os bombeiros também vão reforçar as equipes do Salvar que atuam no atendimento nas vias, rodovias e estradas onde acontecem a maioria dos acidentes fatais, como as BRs 324, 116, 101, 316, 242; e nas Avenidas Luís Viana (Paralela), Afrânio Peixoto (Suburbana) e Linha Verde, em Salvador.

Correio 24 Horas 


Nota do Olhar Animal: A exploração de animais para ações voltadas à segurança humana continua a todo vapor. No caso, sob o sol escaldante de Salvador, BA.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.