ESPANHA galicia curso

Policiais e funcionários públicos assistem a curso sobre abandono animal na Galícia, Espanha

A Pobra aceita pedidos do governo local para ministrar cursos sobre o assunto para os agentes.

Tradução de Nelson Paim

Entre as paredes do Museu Valle-Inclán (A Pobra do Caramiñal), localizado em Pontevedra, na Galícia, ocorreu uma nova atividade formativa que tem despertado o interesse de cerca de trinta policiais locais e funcionários públicos. Trata-se de um curso de duas sessões relacionado a maus-tratos de animais.

Maus-tratos a Animais: procedimentos policiais e administrativos nos municípios é o título de uma das jornadas que busca capacitar trabalhadores municipais para enfrentar situações de abandono ou de maus-tratos a todos os tipos de animais. A atividade foi organizada pela Câmara dos Deputados, algo comemorado pelo coletivo animista Vox Ánima, que destacou que esta é a primeira iniciativa deste tipo que se leva a cabo na Galícia, e a Pobra ter sido o local eleito para celebrá-lo responde ao pedido feito pelo governo local, que destacou a importância de que seus agentes estejam o melhor informados possível sobre o assunto.

No dia 9 de maio começou a parte legislativa, da qual se encarregou a advogada especializada Raquel López, e no dia 10 de maio a palestra foi sobre a questão policial.

O curso propriamente dito começou no dia 9 de maio, mas, como aperitivo, no domingo (8) ocorreu uma conversa prévia que foi ministrada pela advogada Raquel López Teruel, do serviço especializado em direito animal DeAnimals.

Esta atividade esteve aberta ao público e foram tratadas questões principais como a guarda responsável, direitos e obrigações dos tutores de animais e as colônias felinas. Sobre este último assunto se falou, principalmente, de sua proteção legal, assim como de denúncias de maus-tratos. López Teruel, considerada uma das profissionais mais preparadas em matéria de direito animal, esmiuçou as questões principais destas matérias em uma fala organizada pelo coletivo Vox Ánima.

Fonte: La Voz de Galicia

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.