Policial é filmado apedrejando vombate na Austrália

Policial é filmado apedrejando vombate na Austrália

A polícia australiana investiga um vídeo que mostra um polical apedrejando um vombate no oeste do estado da Austrália do Sul. A filmagem, que foi publicada no Facebook pela “Wombat Awareness Organization” na quarta-feira (2), mostra o animal caindo e parando de se mexer depois de ser atingido.

O policial no vídeo, Waylon Johncock, foi identificado como de origem aborígene. Segundo a lei australiana, povos aborígenes do país têm autorização para caçar animais selvanges dentro de determinadas circunstâncias.

Na filmagem, segundo a rede australiana ABC, um segundo homem aparece dizendo a Johncock que ele matou o vombate.

O comissário de polícia Grant Stevens confirmou que Johncock era policial. “”Acho as ações retratadas na filmagem totalmente abomináveis e inaceitáveis”, disse Stevens. “Estou ciente da indignação da comunidade com relação a esse assunto”.

“Quero garantir a todos que as ações no vídeo não estão alinhadas com os valores e comportamentos que espero dos meus funcionários, nem com os padrões da comunidade”, acrescentou Stevens.

Policial foi filmado apedrejando vombate na Austrália do Sul. — Foto: Lara Pinheiro/G1

A ABC também falou com o líder aborígene Jack Johncock, do povo Wirangu-Kokatha. O chefe afirmou que jogar pedras em vombates era “um dos vários métodos” que aborígenes locais usavam para matá-los como forma de obter alimento.

“Isso faz parte da nossa cultura e da maneira como lidamos com isso há milhares de anos”, declarou o líder aborígene. “Para as pessoas da costa oeste da Austrália do Sul, o vombate é uma grande parte de sua dieta e eles o pegam da maneira que puderem”.

A rede de TV não esclareceu se Johncock tem algum parentesco com o homem no vídeo.

O ministro de Polícia da Austrália do Sul, Corey Wingard, disse que as ações do policial não devem ser toleradas, mas não chegou a afirmar que ele deve ser retirado do cargo.

“O que temos aqui é uma investigação que está em andamento, mas pelas evidências que estão diante de nós, sem conhecer todos os detalhes, acho que ninguém aceitaria o comportamento que vimos”, disse Wingard.

Petição

A “Wombat Awareness Organization”, que publicou o vídeo, começou uma petição online pedindo que matar vombates com pedras seja tornado ilegal, inclusive para povos aborígenes. A organização tem um santuário para os animais em Adelaide Hills, na Austrália do Sul.

Até a publicação desta reportagem, a petição já tinha quase 212 mil assinaturas.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.