Por que cavalos selvagens estão perdendo para as vacas e provavelmente não sobreviverão por causa disso

Por que cavalos selvagens estão perdendo para as vacas e provavelmente não sobreviverão por causa disso

Por Anissa Putois / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Cavalos selvagens no oeste dos EUA estão sob ataque por muitos anos. Seu habitat está sendo roubado e seus números dizimados. A vergonhosa razão pela qual os cavalos selvagens estão sendo caçados e abatidos se resume a nossas escolhas diárias de comida. Por causa do nosso imenso apetite por carne e laticínios, a terra pública do oeste dos EUA onde os cavalos selvagens vivem está sendo usurpada e explorada pelos fazendeiros de gado.

Cavalos selvagens vêm sendo ameaçados por fazendeiros tão duramente e por tanto tempo que o Ato pelos Burros e Cavalos Selvagens Livres foi estabelecido em 1971 para prevenir sua extinção iminente. Sob este ato, cavalos selvagens são reconhecidos como “símbolos vivos do espírito histórico e pioneiro do Oeste” que “enriquecem as vidas das pessoas norte-americanas” e são supostamente protegidos de “captura, marcação, perseguição, e morte”. E mesmo assim, por causa de uma série de emendas irresponsáveis aprovadas pelo Congresso, milhares de cavalos selvagens estão sujeitos à perseguição, captura, e até mesmo morte a cada ano. Consequentemente, seus números já caíram para menos de 32.000, de acordo com a American Wild Horse Preservation (AWHP – Preservação do Cavalo Selvagem Americano).

Por mais de quarenta anos, o Departamento de Gerenciamento de Terra dos EUA (BLM – Bureau of Land Management) vem eliminando cavalos dos seus lares selvagens para que os fazendeiros de gado possam usar a terra para criar vacas pela carne. No oeste dos EUA, os fazendeiros de gado agora ultrapassam os cavalos selvagens em 50 para 1, com este número aumentando conforme mais cavalos são eliminados e os fazendeiros continuam a expandir e utilizar mais e mais terra.

Este cavalo é somente um dos milhares enfrentando um futuro incerto por causa dos fazendeiros de gado. Visto como um concorrente de pastagem para o valioso gado, ele pode acabar enfrentando o mesmo tratamento que inúmeros outros que foram perseguidos, confinados e abatidos.

O governo federal arrenda as terras para os fazendeiros, principalmente para ganho monetário. É claro, o BLM está ansioso para coletar os impostos de pastagem de gado dos fazendeiros de gado pelo uso da terra. Para prover a terra para os fazendeiros – para que eles criem animais que serão enviados ao matadouro – as autoridades ficam felizes em eliminar os habitantes indesejados da terra lucrável de qualquer forma necessária.

Usando helicópteros de baixa altitude para juntar os animais aterrorizados, o BLM remove cavalos selvagens das terras públicas nos estados do oeste aos milhares. No que é conhecido como “ajuntamentos”, os animais amedrontados são perseguidos e enviados em instalações de estocagem, perdendo a liberdade que é de direito por lugares apertados onde eles são separados de suas famílias, marcados com ferros quentes e até pior. Os cavalos que sobrevivem aos violentos ajuntamentos são então mantidos confinados em instalações de alojamento até que eles sejam “leiloados”, mais frequente do que não, para matadouros.

O BLM descaradamente nega que cavalos selvagens estão sendo enviados para o abate, mas os dados indiscutivelmente provam que isso está acontecendo. Mais recentemente, uma investigação realizada pelo Escritório de Inspeção Geral (OIG) descobriu que 1.794 mustangues selvagens capturados foram vendidos para um conhecido comprador, Tom Davis, que comprou os cavalos por míseros US$ 10 cada e então teve um lucro enorme ao vendê-los para matadouros no México.

Quem é responsável por isto?

Enquanto o Departamento de Gerenciamento de Terra, governos federais e o governo dos EUA todos desempenham um grande papel na situação desses cavalos selvagens, o principal responsável é a pecuária e aqueles que continuam a apoiá-la. Isto significa que se você come carne ou laticínios, você está financiando a guerra contra os cavalos selvagens.

Os interesses da poderosa indústria da pecuária são colocados na frente do bem-estar animal, preocupações ambientais e da vontade do público em geral. Na verdade, 80 por cento dos americanos se opõem ao abate de cavalos, com a maioria sendo contra os cavalos selvagens serem perseguidos por helicópteros e cercados em ranchos antes de serem finalmente enviados para o matadouro. De fato, uma pesquisa nacional revelou que 72 por cento dos norte-americanos são a favor de proteger os cavalos selvagens, enquanto que 66 por cento pensam que a abordagem do BLM para o gerenciamento de cavalos selvagens é um uso ineficiente de dinheiro de impostos, e 62 por cento apoiam a revogação da lei que permite que o BLM venda animais selvagens para matadouros.

Infelizmente, os contribuintes pagam a conta desta prática cruel. Em 2016, o custo do programa federal dos cavalos selvagens é esperado chegar aos US$ 80 milhões em dinheiro dos contribuintes. Isto não inclui os estimados US$ 500 milhões do custo anual em subsídios do governo para o bem-estar do sistema dos fazendeiros, responsável pela perda do habitat desses cavalos.

O que você pode fazer

A melhor forma de garantir que você não esteja apoiando os ajuntamentos de cavalos selvagens do governo é parar de financiar a indústria responsável. A produção de carne e laticínios causa esta crueldade e resulta não somente no abuso animal e na degradação ambiental, mas também no extermínio rápido e doloroso de toda uma espécie selvagem.

Cavalos selvagens não são a única espécie em perigo de extinção por causa das indústrias de carne e laticínios. Desmatamento, esgotamento da água, poluição do ar e destruição do habitat causados pela pecuária estão resultando na sexto evento de extinção em massa atualmente em nosso planeta.

Além de deixar a carne e os laticínios de fora do seu prato, você pode agir pelos cavalos selvagens apoiando o trabalho de organizações que trabalham pesado para proteger esses animais. Entre elas estão In Defense of Animals, Wild Horse Preservation, International Society for the Protection of Mustangs and Burros, e National Wild Horse Association.

E finalmente, você pode acrescentar seu nome nesta petição pedindo ao Congresso o fim da matança sem sentido dos cavalos selvagens norte-americanos.

Para saber como você pode usar suas escolhas alimentares para ajudar animais como os cavalos selvagens, una-se à campanha do One Green Planet #EatForThePlanet.

Fonte: One Green Planet

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.