Porca em situação de maus-tratos é resgatada na zona oeste de Marília, SP

Porca em situação de maus-tratos é resgatada na zona oeste de Marília, SP
Porca estava em um tonel de concreto (Foto: Arquivo Pessoal)

 Uma porca foi resgatada em situação de maus-tratos nesta quinta-feira (27) no Jardim Cavallari, zona Oeste de Marília.

O resgate foi feito pela médica veterinária Bianca Rojo Campos, em companhia da advogada Giovana Poker, que é presidente da Comissão de Direito dos Animais da OAB Marília, e também Gabriel Fernando, presidente da ONG Spaddes.

A operação de resgate começou após a veterinária receber uma denúncia, de que em um terreno ao lado de um condomínio, no Jardim Cavallari, havia um porco vivendo dentro de um tonel de concreto.

Uma testemunha contou para a veterinária que escutou o barulho do animal e seguiu o som até encontrar a porca.

“No tonel estava a porquinha que não tinha água, comida, nada. Em um lugar que mal dava para ela se mexer”, contou Bianca ao Marília Notícia.

A veterinária contatou a advogada e juntas foram até o local com o apoio da Polícia Militar e Ambiental.

Campos atestou os maus-tratos do animal e explicou aos proprietários, um casal de idosos, que não era possível que a porca vivesse desta forma.

“Estava um calor muito intenso. Os porcos são animais que entram em estresse térmico muito fácil. A temperatura deles é entre 10ºC e 25 ºC, ali devia estar uns 40ºC. Ela estava com pele toda ferida, machucada, porque ficava em cima das fezes e urina todos os dias”, relatou Bianca.

Como a porca estava sendo criada para abate, a veterinária explicou que não deixavam faltar comida, no entanto, as condições eram deploráveis.

No terreno também havia galinhas que aparentavam estar com fome, segundo a veterinária. Uma delas inclusive foi resgatada porque não estava andando.

A advogada, Giovana, ficou como fiel depositária da porca para que ela não fosse abatida e já deu até seu novo nome: ‘Ana Jéssica’.

“Se fosse para o órgão da Prefeitura ela seria encaminhada para a eutanásia, pois porcos não entram na lista de adoção, então fomos firmes, resgatamos e levamos ela embora”, explicou.

Bianca disse que ‘Ana Jéssica’ é extremamente dócil e já fez amizade com todos os outros animais na propriedade de Giovana.

Tonel de concreto onde estava a porca (Foto: Arquivo Pessoal)
Ana Jéssica já fez ‘amizade’ com os outros animais do local onde foi levada (Foto: Arquivo Pessoal)

Por Daniela Casale

Fonte: Marília Notícias 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.