EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro

Porco resgatado está apaixonado pelo seu novo cachorro

Por Marti Trgovich / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Dexter, o porco, já passou por muita coisa, então deve ser um alívio “ter” agora seu próprio cachorro…

… que simplesmente o entende…

… e está sempre ao seu lado…

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro2

… não, de verdade, SEMPRE ao seu lado.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro3

A vida não começou bem para Dexter, agora com cerca de seis meses de idade. Resgatado de uma situação de negligência, ele foi para a Asheville Humane Society (AHS – Sociedade Protetora de Asheville), na Carolina do Norte, nos EUA.

Ele estava tão desnutrido que nem conseguia andar. “Eu estimava que ele tivesse menos de 50 por cento de chance de sobreviver naquele dia”, Michael Mustin, coordenador médico do AHS, diz ao The Dodo.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro4

Pelas duas semanas seguintes, graças aos cuidados de Mustin, Dexter lentamente recuperou o uso de suas pernas. Foi quando ele foi se recuperar com Diana Dauer, que também estava passando por uma fase difícil.

Dauer tinha caído recentemente enquanto andava à cavalo e sofreu uma lesão cerebral traumática – ela iria se recuperar ficando de cama. Mas, como ela já estava em casa mesmo, ela pensou que poderia ajudar Dexter com um lar temporário.

O que acabou sendo é claro, um fracasso.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro5

Apesar de ela ter criado uma página no Facebook para Dexter para atrair adotantes, e até mesmo o ter levado em “encontros” para conhecê-los, nada deu certo. E então um dia, ela percebeu algo importante sobre Dexter e seus cães.

“Um dia ele estava aconchegado com Moose e mais tarde com meu outro cão, Houston”, Dauer conta ao The Dodo. “Eu estava impressionada! Eles tinham a escolha de deitar em qualquer lugar, mas eles estavam deitados juntos. Eu percebi que Dexter tinha nos adotado e eu era a única que ainda não tinha percebido”.

Então uma nova família nasceu.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro6

Dexter originalmente formou um laço mais forte com Houston, que também teve uma vida difícil. Ele foi encontrado faminto nas ruas, desnutrido e doente.

“Houston era muito gentil quando brincava com Dexter e ele foi o primeiro que eu confiei para ficar perto de Dexter”, Dauer diz.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro7

“Passaram-se alguns meses e Dexter e Moose são os amigos mais improváveis”, ela acrescenta. “Moose, apesar do estereótipo de sua raça, é uma dos cães mais amorosos que eu já conheci. Ele leva brinquedos ao Dexter e compartilha sua comida com todos os animais da casa. Ele se aconchega com todo mundo”.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro8

“Moose simplesmente tem o bom senso sobre como interagir com Dexter – eles brincam, eles dormem juntos, eles provavelmente compartilhariam sua comida (se eu permitisse)”, Dauer diz, “e eles ‘conversam’ um com o outro quando há uma porta fechada separando os dois. Moose senta do lado de fora e faz barulhos e Dexter responde com seus grunhidos”.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro9

Dexter tem a sorte de ter outros irmãos e irmãs também: um labrador chocolate de 13 anos chamado Diesel e Elmo, um gato de 14 anos de idade. Também tem Snowmane, um cavalo de 15 anos de idade, e Steeler, um cavalo de três anos.

Dexter ainda não conheceu os cavalos, mas Dauer espera apresentá-los logo.

Por agora ele está ocupado com Moose. E com suas atividades favoritas.

Como soprar bolhas embaixo d’água…

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro10

… se enrolar nas cobertas…

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro11

… e esperar educadamente que alguma comida caia no chão da cozinha.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro12

“Sua personalidade ainda está emergindo, mas ele é muito expressivo sobre o que gosta e o que não gosta”, Dauer conta. “Eu li que porcos fazem mais de 20 sons distintos. Até agora já chegamos a mais de 10. Ele diz coisas como ‘Me deixe entrar’, ‘Estou com fome’, ‘Estou com sede’ e ‘Não me toque’”.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro13

Hoje em dia Dexter possui seu próprio quarto e entra e sai da casa quando quiser. Mas Dauer está trabalhando na construção de seu próprio estábulo e área recreativa para que ele tenha um lugar “seguro, confortável e estimulante para quando eu puder voltar a trabalhar em tempo integral”.

O estábulo terá várias áreas e muitas coisas para manter Dexter ocupado – “Ele realmente adora resolver ‘quebra-cabeças’, então eu estou colecionando brinquedos onde ele tenha que puxar algo ou empurrar coisas para conseguir um petisco”, ela diz.

Com certeza Moose será seu primeiro visitante.

EUA CarolinaDoNorte porco apaixonado cachorro14

Veja mais fotos de Dexter e Moose – e o resto de sua família – aqui.

E assista aos dois brincando aqui:

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.