Portalegre/RN: ‘Lei dos Cachorros’ cai no esquecimento

Portalegre/RN: ‘Lei dos Cachorros’ cai no esquecimento

A lei, que se por ventura fosse colocada em prática, que deveria retirar os cachorros das ruas, caiu no esquecimento dos governantes de Portalegre. Para dar uma relembrada nas promessas do gestor atual, que inclusive foi autor da referida lei, quando o mesmo era vereador, reproduzimos a reportagem de mais de dois anos atrás. 

quinta-feira, 17 de maio de 2012 – Aprovada a ‘lei dos cachorros’

RN portalegre SAM 1434.1

Foi aprovada há poucos dias na câmara, a lei que já está sendo chamada pela cidade de “lei dos cachorros”.

A lei, que foi aprovada na câmara dos vereadores, teve apenas um voto contra, que foi o voto do Democrata José Augusto, que se opôs por se tratar de uma lei inócua, segundo ele. O outro Democrata Adalberto Rego não estava presente, mas ao tomar conhecimento disse que também votaria contra, visto a impossibilidade da execução da lei.

Segundo a lei, por cada animal apreendido, o proprietário terá que pagar uma multa diária de R$ 20,00. Até aí tudo bem, pois as providências precisam ser tomadas com relação ao grande número de cachorros soltos nas ruas da cidade.

É do conhecimento de todos que o município não dispõe de nenhuma estrutura para resguardar o bem estar desses animais. Não tem veterinários, nem canil, nem um veículo apropriado para apreender os cachorros nas ruas, e muito menos, pessoas capacitadas para tais serviços.

É de se acreditar que os Portalegrenses não seriam contra a lei, mas sim a forma como foi colocada. E mais, se o município passa por enormes dificuldades financeiras, a exemplo do setor da saúde, onde a população passa por momentos angustiantes, como cuidar dos cachorros apreendidos.

RN portalegre CACHORROSNASRUAS

O blog já questionou o assunto aqui, e o Programa 104 Comunidade, que vai ao ar semanalmente, das dez ao meio dia, pela FMportalegre, por muito tempo, vem questionando a problemática dos cachorros.

O programa vem orientando e sugerindo que o poder público faça um trabalho de conscientização junto aos moradores através de palestras nas escolas e comunidades, mas o vereador Manoel de Freitas Neto, autor do projeto, junto com prefeito acharam mais fácil mandar a lei ao legislativo local.

Fonte: Blog Edielson Soares

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.