Porto Alegre (RS): 200 ativistas protestam após cadela ser jogada de prédio

Porto Alegre (RS): 200 ativistas protestam após cadela ser jogada de prédio

RS portoalegre 3567unnamed

No dia 13 de junho, a cadela Twid foi agredida e jogada do quarto andar de um prédio localizado na avenida Marechal Floriano, Centro Histórico de Porto Alegre. Nesta sexta-feira, 20 de junho, cerca de 200 ativistas, socorristas, tutores, abolicionistas e simpatizantes da causa animal realizaram protesto em frente ao local, com faixas e cartazes. Houve discursos ao microfone (veja vídeo), apitaço, palavras de ordem pedindo justiça e o fim da impunidade, e minuto de silêncio (veja vídeo). Parte dos manifestantes foi até a Prefeitura Municipal e conseguiu ser recebida pelo vice-prefeito Sebastião Melo – autor da Lei das Carroças, quando vereador.

Um abaixo-assinado circulou entre a população, e no começo da noite houve marcha pelas ruas do Centro, fechando o trânsito sob escolta policial. A concentração final foi na Esquina Democrática, com panfletagem e coleta de assinaturas, até o encerramento. Uma galeria de imagens está no Facebook .

Fonte: Vanguarda Abolicionista

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.