Portugal: Câmara de Santarém gasta 20 mil euros em bilhetes para apoiar touradas

Portugal: Câmara de Santarém gasta 20 mil euros em bilhetes para apoiar touradas

Na sua declaração política, Paulo Chora, deputado municipal independente eleito pelo Bloco, afirmou que “não enaltecemos momentos de proclamação de atos que consideramos de violência, nem tão pouco dogmatizamos a capitalidade de Santarém no estereótipo taurino”.

Sublinhando que o Bloco discorda “do conceito de arte tauromática, porque a arte deve propiciar a elevação do conhecimento, as qualidades e o prazer do intelecto, o respeito por todos os seres vivos em particular os sencientes”, Paulo Chora avançou que os bloquistas, “ao contrário dos protagonistas deste poder autárquico”, não enaltecem momentos de proclamação de atos que consideram de violência, nem tão pouco dogmatizam “a capitalidade de Santarém no estereótipo taurino”.

“Não oferecemos 20 mil euros para ajudar espetáculos de sofrimento, porque a cultura humana tem o dever de a si própria se elevar na modernidade e não na barbárie”, vincou o deputado municipal.

De acordo com Paulo Chora, “a tauromaquia não é o nosso cartão de visita, nem é a nossa identidade”.

“O nosso cartão de visita é o nosso património histórico, cultural e edificado; a nossa identidade é a construção plural, social e cultural, das gentes que viveram e se miscigenaram no burgo e nos campos, desde árabes a judeus, desde gaibéus a agrários, desde o bairro à cidade”, acrescentou.

De acordo com o deputado municipal independente eleito pelo Bloco, “defender os direitos dos animais é também um direito dos humanos”.

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, confirmou que a autarquia adquiriu cerca de 1.300 bilhetes, num total de 10 mil euros, para a corrida integrada nas Festas de São José, de 17 de março. Para os espetáculos de 10 e 16 de junho o município vai comprar mais cinco mil euros de ingressos para cada um, que serão também distribuídos pela população através das juntas de freguesia.

Ler aqui a intervenção completa de deputado municipal independente eleito pelo Bloco.

Fonte: Esquerda / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.