Portugal: Canil de Baião terá novas instalações após denúncias de más condições

Portugal: Canil de Baião terá novas instalações após denúncias de más condições

Esta quarta-feira, uma defensora dos direitos dos animais, denunciou más condições do canil de Baião. A Câmara prometeu que, o canil vai ser submetido a obras já no próximo ano e que, as duas dezenas de animais terão um novo espaço para viver.

Rita Sousa disse à Lusa que, quando se deslocou a Baião fotografou os animais “para fomentar a sua adoção”, e ficou “incomodada com o cenário que encontrou”.

A defensora revelou que, “os cães estão divididos por três ‘boxes’, em espaços muito pequenos, tendo observado inclusive animais com sarna e feridas abertas”, acrescentando que , numa das ‘boxes’, “os cães ficam expostos à chuva e ao frio, sem qualquer proteção”. Entre outras situações, Rita Sousa referiu que alguns animais demonstravam estar subnutridos.

O vereador Henrique Gaspar Ribeiro, da Câmara de Baião afirmou, acerca da denúncia que, “o espaço onde se encontram os animais não pode ser considerado um canil”.

“São instalações que acolhem animais errantes, capturados no concelho e que permanecem ali até serem encaminhados para o Centro de Proteção Animal de Vila Real”, disse em declarações à Lusa.

As ações de adoção têm sido realizadas em conjunto com a associação local e, segundo o autarca, já foram adotados 20 cães desde janeiro.

“Por isso, temos mantido os animais naquelas instalações, porque consideramos importante o trabalho que estamos a fazer ao nível da adoção”, revelou.

A criação do novo canil já está em conversações entre a associação local “Amor Animal” e a autarquia e, o projeto já foi lançado. O local escolhido é junto ao Centro Hípico de Baião.

“A obra deverá iniciar-se ainda este ano”, prometeu a autarquia.

O vereador acrescentou também de que, os animais são visitados e acompanhados pelo veterinário de Marco de Canaveses revelando que, a Câmara de Baião está a trabalhar num protocolo com o Centro de Proteção Animal de Vila Real, que tem uma empresa especializada a trabalhar na captura dos animais.

“O objetivo é que esta parceria possa fazer com que essa empresa se desloque a Baião e faça a captura, dado que não temos pessoal especializado”, explicou.

Henrique Gaspar Ribeiro sente-se “desiludido com esta exposição negativa do concelho, alegando que se tem trabalhado para o bem dos animais”

Fonte: Porto Canal / mantida a grafia lusitana original

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.