Portugal redes sociais denuncias H

Portugal: Crimes. GNR aposta nas redes sociais para receber mais denúncias

Casos de violência doméstica e maus-tratos de animais são os crimes mais denunciados no Facebook da GNR. Para o ano vai haver “guardas digitais”, mas de carne e osso.

Por Valentina Marcelino

Portugal redes sociais denuncias

Um menor vivia aterrorizado pelo pai, alcoólico, ex-comando, com armas em casa. Era agredido frequentemente. Perguntou à Guarda Nacional Republicana (GNR), através de uma mensagem privada, no Facebook, como o poderiam ajudar, sem o progenitor saber que ele o tinha denunciado. Uma mulher viu publicadas numa rede social, fotografias de uma jovem com a cara negra de porrada, a pedir ajuda. Reencaminhou para o Facebook da GNR.

Estes dois casos são exemplo das mais de duas dezenas de denúncias de violência doméstica, que chegaram à GNR desde início do ano, através da sua página do Facebook, que ontem tinha ultrapassado os 150 mil seguidores. Os maus-tratos a animais também são cada vez mais denunciados à Guarda, nesta rede social, a qual também serve para pedir esclarecimentos sobre o trânsito, sobre recrutamentos, simplesmente facultar alguma informação ou até agradecer por algum serviço prestado.

Fonte: DN Portugal

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.