Portugal: denúncia de assassinato de gatos em zona do Cercal do Alentejo provoca indignação

Portugal: denúncia de assassinato de gatos em zona do Cercal do Alentejo provoca indignação
Foto Ilustrativa: Gatos de Ninguém Cercal do Alentejo

Nos últimos dias, uma perturbadora denúncia surgiu nas Pagina das redes sociais “Gatos de Ninguém Cercal do Alentejo” , causa indignação e preocupação entre os moradores da zona do Moinho de Vento, em Cercal. Segundo informações publicadas num perfil do Facebook, “alguém tem vindo a assassinar gatos na área, com relatos de meia dúzia destes animais mortos recentemente.

Os gatos apareceram sem sinais visíveis de ferimentos, o que leva a crer que possam ter sido vítimas de envenenamento. Estes animais, alegadamente envenenados, foram encontrados no muro de uma idosa que cuidava deles.

Esta não é a primeira vez que a zona enfrenta um problema semelhante. No ano passado, também se registaram casos de assassinato de gatos na mesma área, levando a uma crescente preocupação e revolta entre os moradores locais.

A denúncia, partilhada nas redes sociais, tem como objetivo alertar a comunidade e pedir que qualquer pessoa que tenha informações sobre o autor deste ato cruel denuncie às autoridades competentes. A publicação enfatiza que vivemos no século XXI e que tais atos são totalmente inaceitáveis.

A crueldade contra animais é um crime punível por lei em muitas jurisdições e é considerada uma séria violação do bem-estar animal.

Os moradores e amantes dos animais da zona esperam que esta denúncia sensibilize a comunidade e ajude a acabar com esta série de assassinatos de gatos, protegendo assim os animais e promovendo o respeito pelo bem-estar animal na região.

Fonte: Rádio Campanário / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.