Portugal: dezesseis homens pagaram cerca de 7 mil euros cada um para abater animais na Quinta da Torre Bela

Portugal: dezesseis homens pagaram cerca de 7 mil euros cada um para abater animais na Quinta da Torre Bela

A licença de caça da Torre Bela, na Azambuja, está suspensa. A decisão foi tomada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), na sequência do abate de 540 animais. O Ministério Público recebeu a participação de crime.

Dezasseis homens pagaram cerca de 7 mil euros cada um para abaterem animais num local murado, sem hipótese de fuga. O ministro do Ambiente fala num crime hediondo e o autarca da Azambuja num filme de terror.

O Governo assegura que vai, nos próximos seis meses, inspecionar as cerca de 1.500 zonas de caça turística e promover o debate sobre a eventual revisão da lei da caça.

A Federação Portuguesa de Caça demarca-se da matança, mas rejeita mexidas na lei.

Fonte: SIC Notícias / mantida a grafia lusitana original

Deputado Nilson Stainsack protocola projeto para autorizar ‘caça esportiva’ no Brasil

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.