Portugal: grupo de alunos agride gata dentro de escola em Leiria

Portugal: grupo de alunos agride gata dentro de escola em Leiria

Um grupo de alunos da Escola Básica 2,3 Dr. Correia Mateus, em Leiria, agrediu uma gata, a pontapé, na passada quarta-feira, dia 4.

A situação aconteceu dentro do estabelecimento de ensino, durante o intervalo da hora de almoço, e foi interrompida quando outra aluna, de 14 anos, pediu aos colegas que parassem com os atos de violência.

A Associação Zoófila de Leiria (AZL) deslocou-se ao local para recolher a gata, depois de ter sido contactada pela aluna, que ligou “a chorar”, conta Ana Morgado, presidente da AZL.

“A menina tentou pedir ajuda, mas não recebeu qualquer ajuda por parte da escola”, explica.

Ao chegar às instalações, a responsável da associação foi “proibida”, no momento, de entrar para recolher o animal.

Foi a aluna do 9º ano que acabou por fazê-lo, com a ajuda de um grupo de amigos, depois de ter ido ao exterior da escola recolher uma transportadora e uma toalha entregue pela responsável da AZL.

“É grave, estamos a falar de uma menina de 14 anos que teve de sair das instalações para vir buscar a transportadora”.Ana Morgado, presidente da Associação Zoófila de Leiria

Entretanto, a responsável já estava a sair do parque de estacionamento da escola, com o animal dentro do carro, quando recebeu autorização da direção da escola para poder entrar no estabelecimento.

A gata foi levada ao veterinário e, apesar de não ter ferimentos, tinha “o corpo dorido e levou uma injeção de anti-inflamatório para não ter dores”, explica.

Ao REGIÃO DE LEIRIA, a PSP de Leiria confirma que “ontem (quarta-feira) ao final da tarde, foi denunciada na Esquadra Complexa de Leiria, uma situação de maus-tratos a animais de companhia, um gato, ocorrida em estabelecimento de ensino de Leiria”.

Já na manhã desta quinta-feira “foram efetuadas diligências, através da equipa do Programa Escola Segura, com vista à identificação dos autores dos maus-tratos”, acrescenta a polícia.

A informação foi encaminhada para o Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria e o processo encontra-se na fase de inquérito.

O REGIÃO DE LEIRIA tentou contactar a direção da Escola Básica 2,3 Dr. Correia Mateus, mas não recebeu resposta até à hora de publicação desta notícia.

A situação será desenvolvida na edição semanal do REGIÃO DE LEIRIA de 12 de março de 2020.

Por Joana Magalhães

Fonte: Região de Leiria / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.