Portugal: PAN reprova medidas do Governo para abate do pombo trocaz

Portugal: PAN reprova medidas do Governo para abate do pombo trocaz

RS 91379 04FEV0304a

“A recente notícia de que o Governo Regional continuará a privilegiar meios violentos e letais para controlar as populações da espécie endémica do ‘Pombo Trocaz’ origina no PAN-Pessoas-Animais-Natureza uma grande perplexidade e reprovação”.

Assim se manifesta o partido, em comunicado, contra a decisão governamental. O PAN considera que o Governo escolheu um “método violento”, método esse que “continuará a permitir o abate a espingarda das aves em questão (tal como acontece com as cabras selvagens na ilha do Porto Santo)”. O PAN diz que, até por causa dos seus estatutos, só admite “meios não-violentos de ‘management’ e gestão ambiental e ecossistémica”.

Neste caso, tendo em conta a necessidade de “compatibilizar e reconciliar as vidas dos animais com a agricultura”, o PAN defende que o Governo Regional deveria implementar métodos de controlo de populações de animais mais justas e pacíficas.

O partido deixa algumas sugestões, como a plantação, ao lado das espécies para a colheita humana, de outras espécies que interessam mais aos pombos; a colocação de substâncias esterilizadoras não letais ou o regresso aos espantalhos, aos meios sonoros e à colocação de redes sobre as colheitas.

Fonte: DNotícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.