Portugal: Setúbal é o distrito com mais casos de maus-tratos e abandono de animais

Portugal: Setúbal é o distrito com mais casos de maus-tratos e abandono de animais
"Por que nos tratam mal, quando nós somos os vossos melhores amigos?"

Os dados revelados pela GNR colocam a região numa posição que obriga a comunidade a reflectir. Há trabalho de consciencialização a fazer. À atenção das entidades competentes
Setúbal foi o distrito do País onde se registaram mais maus-tratos e abandono de animais de companhia em 2016, de acordo com os dados de um balanço revelado pela GNR.

No distrito sadino foram identificados 93 casos de maus-tratos e 64 de abandono de animais domésticos, médias bem superiores às registadas no segundo concelho com mais situações, Porto, onde se contaram 38 e 26 casos de maus-tratos e abandono, respectivamente. O distrito, porém, com maior número de denúncias efectuadas às autoridades foi o de Lisboa (591), seguindo-se Setúbal (556).

O relatório relativo ao último ano aponta menos denúncias em relação a 2015, apesar de o número de crimes sobre animais comparativamente com o mesmo período ter aumentado.

Em 2016, a GNR registou 3 694 denúncias, “menos 116 denúncias do que em igual período de 2015”, o correspondente a uma média de 10 por dia”. Foram registados “767 crimes (mais 112 crimes do que em igual período de 2015), correspondendo a uma média de dois por dia”, pode ler-se na estatística publicada pela GNR.

Foram também assinalados “5 064 autos de contra-ordenação (mais 380 autos de contra-ordenação do que em igual período de 2015), levantados maioritariamente por falta de chip de identificação, vacinação e/ou falta de registo (correspondendo a uma média de 13 por dia)”.

Comunicados GNR

Fonte: Diário da Região / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.