Portugal: Suspeito de maus-tratos a animais identificado em Degolados

Um crime de maus-tratos a animais que alegadamente terá ocorrido na freguesia de Degolados, em Campo Maior, foi denunciado ontem ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), da GNR.

“O animal foi localizado e de facto apresenta sinais evidentes de estar doente. Mas daí ter havido ou não maus-tratos a animais terá de se apurar ainda, porque a circunstância concreta em que o animal ficou doente ainda não está apurada. Poderá eventualmente ser uma situação de maus-tratos, mas em termos formais não configurar, depende da situação em que o animal acabou por ficar doente”, começa por referir o tenente-coronel Belchior, da GNR de Portalegre.

“O animal poderá por ventura ter fugido ao proprietário e este não o ter conseguido recuperar, e só depois tenha ficado doente, agora se o animal tivesse ficado doente ainda na tutela do proprietário aí poderia ser, mas é uma questão que terá de ser averiguada”, alega.

O animal foi entregue à custódia da associação.

Ao que a Rádio conseguiu apurar, trata-se de um cão de caça, de raça Galgo, que estará com sarna e poderá ser alvo de maus-tratos por parte do seu tutor.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.