Potro nascido sem pé finalmente pode saltar e brincar

Potro nascido sem pé finalmente pode saltar e brincar
Fotos: Woodstock Farm Animal Sanctuary

Este potro nasceu há pouco tempo, mas quase foi sacrificado.

Ele nasceu sem os três ossos inferiores da sua pata e o quarto osso não estava totalmente formado. O fazendeiro amish, tutor do pequeno potro, sabia que ele não poderia puxar charrete quando se tornasse adulto, logo não poderia atribuir nenhum trabalho a ele.

O potro, mais tarde chamado Trident, pode até ter nascido sem os ossos da pata, mas ele nasceu no lugar certo e na hora certa. Uma parteira chamada Tuesday Lach estava fazendo um exame de saúde em uma mulher na fazenda de Indiana (EUA) quando ouviu falar a respeito de Trident e dos planos do fazendeiro para sacrificá-lo.

A irmã de Lach, Dawnell Kilbourne, é cuidadora de animais no Woodstock Farm Animal Sanctuary, em Nova York. Lach contatou Kilbourne para discutir o que elas poderiam fazer por Trident. Em seguida, as duas irmãs contataram Ronnie Graves, do Veterinary Inclusive Prosthetics and Orthotics para ver se Trident seria um bom candidato para próteses.

Ronnie estava na Flórida, mas ele percorreu todo o caminho até Indiana para pegar o molde da pata de Trident. Então, de volta à Flórida, Graves confeccionou a primeira prótese de Trident e a enviou para a fazenda.

Enquanto Lach e Dawnell Kilbourne ajudavam Trident, elas pediram ao fazendeiro que o mantivesse na fazenda até que fosse encontrado um novo lar para ele. A sobrinha de Kilbourne, que morava perto da fazenda em Indiana, começou a treinar Trident a fim de adaptá-lo à prótese.

Mas quando o ano letivo chegou, semanas depois, a sobrinha de Kilbourne não podia mais treinar Trident. As duas irmãs tentaram encontrar um grupo local de resgate de cavalos que pudesse levar Trident, sem sucesso.

Se o deixassem com o fazendeiro amish, ele seria eutanasiado, principalmente após o fazendeiro ter percebido quanto tempo, dinheiro e atenção Trident necessitaria.

Sabendo disso, Kilbourne e Kathy Keefe, diretora do Woodstock Farm Animal Sanctuary, decidiram viajar 12 horas e meia para resgatar Trident e trazê-lo de volta para o abrigo.

Trident foi o primeiro cavalo em Woodstock a se juntar a uma turma de cabras, porcos, coelhos, vacas, patos, ovelhas, perus e gatos.

Além de sua pata deformada, ele tinha outros problemas. “Trident foi desmamado de sua mãe aos 3 meses de idade, o que é muito jovem”, disse Keefe ao The Dodo. “Seus pés não tinham sido cuidados … Seus cascos precisavam ser bem aparados. Ele estava um pouco nervoso, mas também curioso e saiu da cocheira comigo sem nenhum problema.”

Trident permaneceu tranquilo na longa viagem a Nova York, e se adaptou bem à vida no abrigo, bem como à sua nova pata.

“Ele adora passar o tempo do lado de fora, e frequentemente você vai vê-lo empinando e correndo ao redor com sua prótese,” disse Keefe.

Trident pode ser o único cavalo no santuário, mas está fazendo muitos amigos. Ele adora as vacas! Keefe disse. “Seus vizinhos no momento são Ralphie, Dylan, Maybelle e Kayli. Trident é muito curioso e costuma enfiar a cabeça através da cerca para observar todos.”

Assim que Trident ficar mais acostumado com sua prótese, a equipe de Woodstock pretende resgatar outro cavalo para dar a Trident um companheiro.

“Trident será capaz de viver uma vida completa agora que ele encontrou um abrigo conosco”, disse Keefe. “Ele será sempre um cavalo com necessidades especiais, mas vamos continuar colocando nele novas próteses conforme ele cresce e fica mais velho.”

Os veterinários do Rhinebeck Equine Hospital continuam a trabalhar com Trident e ficaram surpresos ao ver o quão bem ele está vivendo com sua nova pata.

“Eles raramente veem casos como esse entre os cavalos, já que, em sua condição, teriam sido eutanasiados, disse Keefe. “Eles não acreditaram até ver o trabalho de Ronnie e reconheceram que Trident pode ter uma vida normal no abrigo. Eles sempre nos dizem que não há um lugar melhor para Trident.”

Para ajudar a pagar os cuidados com Trident, você pode fazer uma doação para o Woodstock Farm Animal Sanctuary aqui.

Por Elizabeth Claire Alberts / Tradução de Elisângela Gomes da Silva

Fonte: The Dodo 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.