Prefeitura de Salvador lança projeto Kombicho em prol da causa animal

Foram entregues nessa sexta-feira (12.09), pelo prefeito ACM Neto, quatro kombis para ONGs de apoio e cuidados a animais.

O projeto, realizado pela Prefeitura através da Secretária Municipal de Saúde (SMS) e chamado Kombicho, foi idealizado para auxiliar as organizações, devidamente formalizadas, no transporte dos animais, consultas veterinárias, cirurgia de castração, feira de adoções e remoção de animais de vias públicas.

A presidente da Associação Brasileira Protetora dos Animais (ABPA), Urânia Almeida, comemorou a iniciativa. “A nossa necessidade já era conhecida. Fizemos a solicitação, e como a ONG é devidamente formalizada, fomos contemplados”. A ABPA, localizada no bairro de Paripe, atende cerca de 500 animais e é a mais antiga organização do segmento na Bahia.

Alexandra Deering, da Terra Verde Viva, também elogiou o projeto e avaliou que o veículo chega em boa hora. “A ONG tem cerca de dez anos e a kombi será muito importante, uma vez que recebemos muitas denúncias de animais abandonados ou maltratados e o veículo permitirá o transporte de mais animais”. A Terra Verde Viva atende a cerca de 400 animais e fica localizada no Porto Seco Pirajá.

Também foram beneficiadas as ONGs Célula Mãe e Cuidar é o Bicho. No processo de escolha das organizações foram avaliados quesitos como o volume de atendimento realizado e formalização da instituição. Para garantir o uso dos equipamentos, as ONGs apresentarão relatórios periódicos à Secretaria de Saúde informando os resultados obtidos com o uso do automóvel.

Castramóvel – Em março deste ano, Salvador deu mais um importante passo para ampliar o acesso ao serviço de castração de cães e gatos no município através do Castramóvel, ônibus adaptado que realiza ações itinerantes em diversos bairros da cidade, prioritariamente naqueles onde há elevado número de animais errantes ou notificação de casos de raiva.

Em pouco mais de cinco meses de implantação, o serviço já visitou as localidades do Nordeste de Amaralina, Valéria, Fazenda Coutos III e Ilha Amarela, realizando aproximadamente 1.500 procedimentos. Desde o início de setembro o Castramóvel desembarcou no bairro de Cajazeiras X, onde ficará até 1º de outubro.

Para que os animais passem pelos procedimentos, é realizada uma triagem no local sempre as segunda e terça-feira, das 8h às 12h, onde os proprietários devem apresentar originais e cópia da RG, CPF, cartão de vacinação do animal e comprovante de residência. Após a triagem, é marcado o dia da cirurgia de castração, que é realizada as quartas e às quintas-feiras.

Para fazer a cirurgia de castração, os animais devem ter entre oito meses e cinco anos de idade, peso acima de 1kg e apresentar boa condição de saúde. As fêmeas que serão submetidas à esterilização não podem estar em período gestacional.

Fonte: Tribuna da Bahia

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.