Prefeitura de SP monta hospital veterinário para atender animais no RS

Prefeitura de SP monta hospital veterinário para atender animais no RS
Reprodução/ Prefeitura de SP

A Prefeitura de São Paulo vai montar neste fim de semana um hospital veterinário na cidade de Canoas, uma das cidades mais atingidas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Na unidade de saúde, serão feitas cirurgias, exames de imagem e tratamento ambulatorial nos animais resgatados.

Segundo dados oficiais da Defesa Civil gaúcha, quase 10 mil animais já foram resgatados.

A Força Aérea Brasileira (FAB) e os Correios vão ajudar no transporte de medicamentos veterinários, colchões, produtos de higiene e equipamentos.

O pacote também conta com equipamentos para ajudar no resgate, como drones, motosserras e lanternas.

A coordenadora da Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap), Analy Xavier, sete veterinários e dois auxiliares administrativos serão deslocados para o Rio Grande do Sul.

A iniciativa deste fim de semana envolve quatro viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) com guincho, uma viatura da Defesa Civil, um caminhão baú médio e duas viaturas anfíbias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), todas no modelo 4×4.

Além disso disso, vans serão utilizadas para o transporte de 19 agentes da GCM envolvidos na ação.

Envios anteriores

No último domingo (5/5), a Prefeitura já havia mandado 150 toneladas de produtos. Entre eles, 10 mil cestas básicas e uma tonelada de ração, além de equipes da GCM, botes e veículos para o socorro das pessoas afetadas pelas fortes chuvas na região sul do país.

Ao todo, a Prefeitura de São Paulo distribuirá 18 milhões de itens, entre colchões, seringas descartáveis, máscaras cirúrgicas, entre outros.

Além disso, 23 unidades do Descomplica, 29 terminais de ônibus e 15 centros esportivos foram abertos para coleta de donativos para as vítimas atingidas pelas fortes chuvas no Rio Grande do Sul.

Por Enzo Marcus

Fonte: Metrópoles

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.