Prefeitura de Umuarama (PR) aumenta repasse e Saau poderá realizar mais castrações

Prefeitura de Umuarama (PR) aumenta repasse e Saau poderá realizar mais castrações
As centenas de animais assistidos pela entidade contam com espaço físico de 12 mil m² (Foto: Divulgação/Tiago Boing)

Com aumento no repasse mensal de recursos do município, a Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama (Saau) poderá intensificar a castração de cães e gatos, visando o controle populacional dos animais de rua da cidade. O repasse, que desde janeiro de 2018 ficou estabelecido em R$ 21.332,16, passou para R$ 26.665,20 – um incremento de mais de R$ 5 mil que passa a ser pago em dezembro pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Segundo o diretor de Meio Ambiente da Prefeitura, Matheus Michela Batista, o termo aditivo celebrado entre o município e a Saau amplia em 350 o número de atendimentos e o valor da parceria, passando de 850 para 1.200 o total de animais atendidos e a realização de 50 castrações mensais. “O valor total do repasse passou de R$ 511.971,84 para R$ 543.970,08, de acordo com o cronograma de desembolso constante no plano de trabalho e aplicação dos recursos”, informou o diretor.

Esta era uma luta antiga da entidade e também da Prefeitura, que buscava os meios legais e os recursos para ampliar a parceria. “O prefeito Celso Pozzobom entende a importância do trabalho da Saau e sempre esteve preocupado em contribuir com o que é possível ao município. Agora a entidade poderá ampliar a sua atuação”, acrescentou o diretor. O recurso prevê o pagamento de veterinário, medicamentos e alimentação aos animais operados.

A Saau abriga animais domésticos de pequeno porte, abandonados nas ruas pela população, fornecendo alimentação e os cuidados necessários. Também promove campanhas para orientar, esclarecer e conscientizar a sociedade sobre a importância de zelar pelos animais e as consequências do abandono em vias públicas, além de criar e manter ambiente adequado para o abrigo e meios para seu recolhimento.

A entidade é parceira em ações para impedir e reprimir atos de crueldade, abuso ou maus tratos contra animais; desenvolve e participa de feiras, exposições e palestras, visando a divulgação do seu trabalho; mantém ambientes com animais para visitação pública; e também promove adoções de animais recolhidos, apreendidos por maus tratos ou criados nas instalações.

As centenas de animais assistidos pela entidade contam com espaço físico de 12 mil m² com 44 canis individuais e 13 gatis comunitários. A estrutura, na rodovia para Maria Helena (ao lado do Aterro Sanitário Municipal) conta ainda com lavanderia, cozinha, refeitório, sala de atendimento, consultório, salas para pré-operatório, cirurgia e pós-operatório, isolamento para doenças transmissíveis, banheiros, depósito de alimentos, área de banho para os animais e farmácia veterinária.

Fonte: Assessoria/PMU via Portal da Cidade Umuarama 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.