Prefeitura de Votorantim (SP) realiza cerca de 50 castrações mensais gratuitas de cães e gatos

Prefeitura de Votorantim (SP) realiza cerca de 50 castrações mensais gratuitas de cães e gatos
Foto: Divulgação/ PMV

Uma média de 50 animais, entre cães e gatos, é atendida por mês pelo programa de castração realizado pela Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria da Saúde. As cirurgias são realizadas de forma gratuita no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Podem receber o procedimento cães e gatos, machos ou fêmeas com idade entre um e seis anos. É importante que, ao fazer o agendamento, a pessoa não deixe de comparecer com o animal, o que pode acarretar em um tempo de espera maior.

De acordo com a coordenadora da Zoonoses, Kátia Regina de Oliveira, é importante que ao fazer o agendamento as pessoas forneçam as informações corretas do animal. Ela explica ainda que ocorrem muitas faltas e não há como encaixar outro naquele dia, tendo em vista que há algumas recomendações para realizar o procedimento. É importante ainda que a pessoa avise a Zoonoses com antecedência, caso desista de realizar a cirurgia.

O veterinário Guilherme Nóbrega explica que o animal deve estar saudável para receber o procedimento. “A castração é feita somente para aqueles com idade entre um e seis anos e é preciso estar em jejum de 12 horas”, conta. Ainda de acordo com o veterinário, o procedimento é mais rápido nos animais machos, já nas fêmeas o tempo é bem maior.

Moradora do Parque Santa Márcia, a dona de casa Rosangela Alves do Santos, 49 anos, levou na manhã desta terça-feira (06), os cães James e Nina para castrar. “Gosto muito do trabalho que é realizado aqui, tanto é que já trouxe outros cães em anos anteriores”, diz.

A dona de casa, que é uma defensora dos animais, conta que hoje tem um total de cinco cães, todos recolhidos da rua. “Quando vejo que estão abandonados levo para casa e dou todo o carinho”, diz.  Rosangela conta ainda que, sempre que precisa fazer a castração de seus animais, procura a Zoonoses, tendo em vista que eles são muito bem tratados. Com os dois cães desta terça-feira, já são seis os que ela levou para castrar.

Como fazer o cadastro

O cadastro deve ser realizado das 8h às 16h, na sede da Zoonoses, que fica na avenida Santo Antônio, ao lado do Cemitério Municipal. Os interessados devem comparecer levando cópia do comprovante de residência no nome do proprietário do animal, acompanhado de certidão de nascimento ou de casamento da pessoa que vai efetuar o cadastro (caso não seja o titular do comprovante de endereço) e de cópia de um documento com foto (identidade ou habilitação).

O agendamento da cirurgia é realizado pelos agentes, que fazem o contato via telefone, uma semana antes. Se a fêmea estiver no cio na data agendada, o procedimento precisa ser remarcado. O telefone para outras informações é o 3243-3807.

Fonte: Assessoria de Imprensa Prefeitura Municipal de Votorantim via Gazeta de Votorantim 


Nota do Olhar Animal: Este número de castrações foi determinado com base em algum estudo prévio? Cinquenta parece baixo para causar pouco ou nenhum impacto na população de animais. Um único bom cirurgião pode realiza 50 castrações em apenas único dia de trabalho. Infelizmente, as políticas públicas voltadas ao controle populacional raramente tem como base algum estudo para calcular qual é o número mínimo de esterilizações para que resulte no controle populacional. O mais comum é que se determine uma verba, sem qualquer critério técnico, e se faça as castrações. Para os indivíduos animais que são operados, ótimo, a castração traz muitos benefícios. Mas para a meta de controlar a população, a quantidade de cirurgias é totalmente inócua.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.