Prefeitura pede ração para os animais resgatados nas ilhas do Guaíba, em Porto Alegre, RS

Prefeitura pede ração para os animais resgatados nas ilhas do Guaíba, em Porto Alegre, RS

RS PortoAlegre racao animais resgatados

As muitas doações que chegaram à Seda (Secretaria Especial dos Direitos Animais de Porto Alegre) permitiram que os animais que permaneceram com seus tutores nas ilhas do Guaíba fossem alimentados neste final de semana.

O médico-veterinário Franco Vicentini, com o apoio de agentes da Polícia Civil, retornou às ilhas no domingo, 25, e distribuiu ração para cães e gatos em locais onde apenas com uma lancha seria possível o acesso. “Não podíamos deixar de atendê-los, mas, lamentavelmente, estamos utilizando os últimos sacos de ração. Por isso voltamos a pedir a solidariedade das pessoas com a doação de mais ração, para que na semana que se inicia possamos continuar nosso trabalho”, afirmou.

Na UMV (Unidade de Medicina Veterinária), na Lomba do Pinheiro, foram acolhidos 332 animais oriundos de residências onde a força das águas foi mais forte. Todos esses animais foram vacinados, microchipados e castrados. Somente voltarão às suas casas quando os níveis do Lago Guaíba forem normalizados.

“Temos no momento mais de 600 animais na UMV, um número muito superior a nossa capacidade de atendimento que chega a 280 animais. Mas é uma situação de crise. E contamos com o apoio de todos nesse momento difícil para tantas famílias”, explica o veterinário que tem dividido sua atuação entre o atendimento na UMV e as ocorrências nas Ilhas.

Desde o início das cheias, a Seda distribuiu, diariamente, por meio da Defesa Civil e do Exército, uma média de 300 quilos de alimentos para cães e gatos que permaneceram com os tutores. “Também precisamos de pallets e casinhas de cachorro, para assegurar mais conforto aos animais que estão na UMV”, explica Franco, acrescentando que a pronta comunicação entre a Seda e a Defesa Civil do município garante o acompanhamento da situação nas áreas atingidas.

Doações

Jornais, papelões, pallets, casinhas, cobertores e ração devem ser entregues na UMV/Seda, na Estrada Bérico José Bernardes, 3489, parada 19, Lomba do Pinheiro, inclusive sábados e domingos, das 9h30 às 12h e das 13h30 às 16h30.  Também na sede administrativa da Seda, na rua Uruguai, 155, 7º andar.

Fonte: Plantão RS

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.