Prefeitura tem até quarta para apresentar medidas em caso de cães abandonados em Recife

Prefeitura tem até quarta para apresentar medidas em caso de cães abandonados em Recife

Representante de proprietário do imóvel onde animais foram deixados diz que, até agora, nenhuma medida oficial foi tomada.

Por Maria Regina Jardim

PE recife abandonoimovel1

A Secretaria-Executiva de Direito dos Animais do Recife (Seda) ainda não resolveu a questão dos cerca de 80 cães abandonados em um imóvel na Encruzilhada, na Zona Norte, desde a última segunda-feira. O proprietário da casa, Gustavo Pereira, continua mantendo os animais com o apoio da população, a partir de doações de ração e medicamentos.

O administrador dos imóveis de Pereira, Sérgio Borba, revelou que, durante o final de semana, a equipe da Seda não apareceu no local, como previsto. O gerente do órgão, Robson Melo, informou ao Jornal do Commercio, na sexta-feira, que veterinários da secretaria visitariam o lugar no dia seguinte para avaliar os animais. O próximo passo seria o tratamento e castração dos cachorros.

“A situação é a mesma de antes. Enviamos um ofício para o Centro de Vigilância Animal (CVA) pedindo pela castração e tratamento dos cães e eles disseram que vão se articular com a Seda para iniciar os trabalhos”, disse Sérgio Borba. Segundo ele, apesar da resposta positiva, nenhuma certeza foi dada.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) marcou para a próxima quarta-feira uma reunião com a Seda, CVA, Secretaria de Saúde do Recife, Vigilância Sanitária e representantes do proprietário da casa. Até lá, a prefeitura deve ter um plano de ação concreto para apresentar ao MPPE, sob risco de uma ação na Justiça.

“Nosso papel é o de pressionar a secretaria para que tome providências concretas”, afirmou o promotor de Justiça de Meio Ambiente da capital, Geraldo Magela. “Um veterinário já entrou em contato oferecendo gratuitamente o serviço de castração dos animais, agora cabe à Seda autorizar”, completou.

Ativistas se reuniram na tarde de hoje para organizar uma ação na casa de número 2473, na Avenida Norte. “Estamos buscando amparo legal para a realização de uma ‘força-tarefa’. Vamos higienizar a casa e cuidar da saúde dos cães como pudermos. Nossa preocupação é o bem-estar dos animais”, contou um dos coordenadores do projeto Mascote de Rua, Sidney Niceas.

O militante destacou que a solidariedade das pessoas tem sido ,importante no cuidado aos cachorros. Os cães foram abandonados por duas inquilinas que moraram na casa durante oito anos e foram despejadas do local no último dia 16.

A Seda informou que os animais não podem sofrer nenhum tipo de intervenção cirúrgica dos veterinários voluntários, no momento, devido à falta de locação no período pós-cirúrgico. De acordo com a assessoria do órgão, após a audiência marcada para a quarta-feira, profissionais do município vão começar a fazer a avaliação da saúde dos cachorros. Os cães que tiverem condições de serem encaminhados para um lar, serão cadastrados na feira de adoções no RioMar Shopping, dia 29 de março.

PE recife abandonoimovel2

PE recife abandonoimovel3

Fonte: Jornal do Commercio

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.