Presença de animais sozinhos no interior de carros pode ser proibida no Rio

Presença de animais sozinhos no interior de carros pode ser proibida no Rio
Imagem ilustrativa (Foto: Reprodução Redes Sociais)

O vereador Waldir Brasão apresentou um projeto de lei que proíbe a permanência de animais sozinhos no interior de veículos automotivos na cidade do Rio. O motivo, segundo o próprio texto, seria o risco que a situação oferece ao animal.

Em caso de descumprimento, o texto prevê uma multa no valor de R$ 5.000,00 e, em caso de reincidência, o valor cobrado deverá ser o dobro.

“Deixar um animal sozinho em um carro quente, mesmo com as janelas um pouco abertas e ainda que por poucos minutos, pode levar o animal à morte por não haver ventilação suficiente. Como consequência, o animal tende a apresentar vômitos, salivação excessiva, respiração ofegante, convulsões, desmaios e, em casos mais graves, levar à morte“, diz a justificativa do projeto.

O texto ainda finaliza: “não importa o motivo que levou o tutor a deixar o animal no carro (rápidas compras, almoço, esquecimento ou muitos outros). É negligência“.

Por Larissa Ventura

Fonte: Diário do Rio

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.