PRF prende três homens por maus-tratos a 13 galos de rinha em MS

PRF prende três homens por maus-tratos a 13 galos de rinha em MS
Foto: Divulgação/PRF

Na noite deste sábado (27), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, em Mundo Novo, três homens que mantinham 13 galos amarrados no porta-malas do veículo deles.

A ocorrência iniciou quando a equipe policial abordou o veículo Volvo/XC90, com placas do Paraná, no km 6 da BR 163. Em revista ao porta-malas do veículo, os policiais rodoviários federais encontraram os galos que estavam completamente imobilizados por faixas de tecido, com os pés amarrados e com a cabeça encoberta com capuz.

Questionado, o condutor do veículo, de 50 anos, disse que os animais pertenciam a um dos passageiros, que confirmou a informação. O suposto tutor dos animais, de 76 anos, confessou que eles haviam participado de uma “rinha” na cidade paraguaia de Pindoty Porã, fronteira com a cidade de Sete Quedas e que tinham como destino a cidade de Toledo, no Paraná, onde possui uma propriedade rural e uma criação de galos para esta finalidade.

O terceiro ocupante do veículo, de 52 anos, disse ser funcionário da dono da propriedade rural.

Todos os animais estavam totalmente privados de seus movimentos e de luz, sem água e alimento. Alguns deles com ferimentos abertos e sangrando. No veículo também foram encontrados diversos medicamentos para o tratamento animal, como comprimidos de antibiótico, solução antibacteriano, cicatrizante e pomada antiinflamatória.

Os três envolvidos, os 13 animais e o veículo foram encaminhados à Polícia Civil de Mundo Novo, por abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, crime capitulado no Art. 32 da Lei 9605 de Crimes Ambientais.

Fonte: O Pantaneiro

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.