Primeiras baleias-francas são vistas em Laguna, SC

Primeiras baleias-francas são vistas em Laguna, SC

Mamíferos chegam ao litoral Sul para se reproduzir e alimentar os filhotes.

SC laguna primeiras-baleias-francas-sao-vistas-em-laguna

No ano passado, a preferência das baleias-francas foram as águas costeiras de Laguna, de acordo com o Projeto Baleia-Franca, após dois sobrevoos de monitoramento. Este ano ainda é cedo para saber, mas as primeiras visitantes já foram vistas na “terra de Anita” e moradores da região e a Polícia Militar Ambiental registraram em fotos as primeiras baleias-francas desta temporada no Farol de Santa Marta.

Oficialmente, o período de permanência delas nas praias do litoral Sul catarinense começa em julho e segue até novembro. Essa é a época em que procuram as águas calmas e mais quentes para acasalar, parir e amamentar seus filhotes. Os mamíferos que acasalaram no ano passado estão retornando para procriar.

De acordo com o Instituto Baleia Franca, o período estimado de gestação é de 12 meses. Enquanto permanecem nesta região, as baleias adultas não se alimentam. Baseado no monitoramento que vem sendo realizado nos últimos dez anos, a bióloga do Instituto, Karina Kroch, afirma que mais de 100 baleias devem chegar ao litoral Sul (área que compreende a Área de Proteção Ambiental-APA da Baleia Franca) nesta temporada. Desde 1987, 670 baleias-franca foram catalogadas pelo Instituto.

Extinção – A baleia-franca ainda se encontra na lista nacional de animais que correm risco de extinção, conforme a última reavaliação feita pelo Ministério do Meio Ambiente. Entretanto, Karina salienta que esta população vem crescendo nos últimos anos. “O aumento populacional de baleias chega a 12% ao ano”, ressalta.

Curiosidades

Adulto
Comprimento e peso:
Fêmea: 18 metros / 60 toneladas
Macho: 15 metros / 45 toneladas
Expectativa de vida: 80 anos
Dieta alimentar: basicamente Krill

Filhote
Comprimento e peso: 4 metros / 5 toneladas
Dieta alimentar: leite durante o primeiro ano de vida

Fonte: Engeplus / Comunicação Laguna

Nota do Olhar Animal: Conforme noticiado no Diário Catarinense, os passeios embarcados para observação de baleias na região de Garopaba e Imbituba continuam proibidosNo final da temporada de 2012, o Instituto Sea Shepherd, uma ONG de proteção dos mares, protocolou a primeira denúncia contra o turismo de observação de baleias-francas em Santa Catarina. Fotos de operadoras que realizam os passeios, mostrando visitantes tocando os animais com as mãos e com os pés foram usadas para convencer a Justiça de que havia prejuízo para a espécie, já que é determinada a distância de cem metros entre embarcação e baleias. A juíza responsável pelo caso entendeu que existiam falhas de gestão e proibiu esse tipo de turismo em Garopaba, Imbituba e Laguna. Veja artigo completo clicando aqui.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.