Procuram o responsável por atirar em um cão vítima de abuso grave em Miami-Dade, EUA

Procuram o responsável por atirar em um cão vítima de abuso grave em Miami-Dade, EUA

O cão é incapaz de se levantar devido a mordidas que cobrem todo o seu corpo e tiros de uma espingarda de chumbo. Chulo está sob os cuidados dos serviços de animais de Miami-Dade e eles oferecem uma recompensa para o responsável por esse abuso.

Os serviços de animais e as autoridades de Miami-Dade estão oferecendo uma recompensa por informações sobre a pessoa que abusou severamente de um cachorro chamado Chulo.

De acordo com os serviços de animais de Miami-Dade, Chulo foi encontrado em 18 de fevereiro, na Northwest 15th Avenue e 38th Street, após receber relatos de um cão ferido naquela área.

Ao chegar, os funcionários do serviço de bem-estar animal encontraram o cão branco, que não conseguia ficar de pé, com feridas de mordida cobrindo todo o seu corpo, que estavam em diferentes estados de cicatrização.

Um exame feito pelo veterinário também encontrou chumbinhos no peito do animal, condizentes com ter sido baleado com tal arma.

Desde que foi encontrado e depois de vários dias sob cuidados, Chulo não conseguiu se levantar.

“Ele foi intencionalmente submetido a uma enorme quantidade de dor e sofrimento. Estamos pedindo a qualquer um com informações sobre como ele veio a ter esses ferimentos e acabou na área onde foi encontrado para entrar em contato com a Linha de Denúncia contra crimes de Miami-Dade”, disse Kathleen Labrada, vice-diretora dos serviços de animais de Miami-Dade.

Labrada acrescentou que existe uma conexão direta entre crueldade animal e atos de violência contra humanos, abuso infantil, violência doméstica e negligência com idosos.

Chulo está sob os cuidados de um veterinário particular devido à gravidade de seus ferimentos, e seu tratamento está sendo pago pelos Defensores dos Animais de Miami-Dade Animal.

Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: Univision

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.