Programa de Castração Animal já é realidade em Bauru, SP

A Prefeitura de Bauru, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, está desenvolvendo, desde o mês de maio, o Programa de Controle Ético da População Canina e Felina do Município de Bauru.

O Programa consiste na castração de cães e gatos de famílias de baixa renda. Nos meses de maio e junho foram autorizados 198 procedimentos, sendo que deste número 44 já foram efetivamente castrados. Após a autorização dada pela Prefeitura, o responsável pelo animal deve procurar as clínicas credenciadas e agendar a castração.

Até o momento duas clínicas estão cadastradas para realizar o procedimento e outras duas estão em processo de análise de documentação.

As clínicas cadastradas realizarão a castração e aplicação de microchip de identificação em cães e gatos de famílias de baixa renda selecionadas pela Secretaria do Bem-Estar Social.

De acordo com a coordenação do Programa, das autorizações dadas 30 pessoas ainda não foram retirar a guia para marcar a castração, mesmo após várias tentativas de contato. A Semma pede às famílias que ainda não retiraram as autorizações procurem a Secretaria o mais rápido possível.

As famílias interessadas em realizar a castração de seus animais devem procurar o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) mais próximo de sua residência com os documentos pessoais, comprovante de renda e o Número de Identificação Social (NIS).

Após análise socioeconômica da Secretaria do Bem-Estar Social, a documentação da família será encaminhada à Semma, que entra em contato com o interessado, passando o telefone e endereço da Clínica onde serão realizados os procedimentos de castração e de aplicação do microchip de identificação.

O credenciamento de novas Clínicas ou Hospitais Veterinários, com abrangência em Bauru, permanece aberto durante todo o ano de 2016. A clínica interessada deve procurar a Secretaria do Meio Ambiente, na Av. Alfredo Maia, q. 1, ou obter informações pelo telefone (14) 3234-6849.

Fonte: JCNET

MAIS NOTICIAS

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.